Por que é demorada a negociação para a venda da televisão dos Sarney?

O grupo mineiro vai comprar todo o sistema ou só pedaços dele? A família Sarney, que ainda depende da política, não pode ficar sem o poder da comunicaçãao? O grupo mineiro vai comprar todo o sistema ou só pedaços dele? A família Sarney, que ainda depende da política, pode ficar sem o poder da comuniação, no Estado? Por que a negociação da venda das televisões Mirante de São Luís e de Imperatriz foi demorada e, apesar da decisão do grupo Setubal (MG) de desfazer-se delas, ainda está em andamento? Pela dúvida de vendedores e compradores do que seria vendido ou comprado. Vão-se apenas dois anéis, mas ficam vários dedos, já que o sistema é grande e sua divisão entre sócios, de dentro e de fora da família Sarney, é complexa. É certo que a venda das duas emissoras de TV de São Luís e Imperatriz desfalca o sistema de comunicação sarneysista, pois lhe subtrai as duas galinhas dos ovos de outro. Mas isso só está sendo possível porque há uma crise financeira, fruto do emagrecimento de entradas de generosas de verbas públicas estaduais e federais, até dois anos atrás, quando Roseana concluiu seu quarto mandato como governadora do Maranhão, e Sarney ainda detinha grande influencia em Brasília. Claro que ainda hoje, por ser afiliada da Rede Globo e da maior audiência da televisão dos Marinho, a Mirante ainda abocanha verbas dos poderes públicos locais, através de campanhas publicitárias. Mas nada comparado aos tempos das vacas gordas... Se não fosse isso, nada de venda. Até porque o sistema foi sempre usado com maestria como muleta da ação política partidária do grupo Sarney, e também servia de moeda de troca para convencer a maioria dos políticos, de norte a Sul do Estado, a aderir ao grupo dominante. . Costumava-se dizer desse modus operandi que a ex-governadora Roseana Sarney pagava de um lado do balcão (como chefa do Executivo) e recebia do outro lado, como sócia de grande parte do sistema de comunicação. Tempos de bonança, em que todas as emissoras e seus departamentos do Sistema Mirante de Comunicação funcionavam com gordura e não economizavam nas despesas quotidianas nem na aquisição de novas tecnologias... Hoje é tão notória a penúria no “sistema” que há muito tempo a Televisão Mirante não moderniza e nem remodela seu principal estúdio – o de apresentação dos tele-jornais – que, antes, rivalizavam com o que a poderosa Rede Globo tinha de melhor. Ainda a demissão de dezenas de funcionários corroboram essa realidade...

Continuar lendo Por que é demorada a negociação para a venda da televisão dos Sarney?

Marrapá! Desclassificados podem recorrer da licitação do governo que escolheu agências de publicidade

Um verdadeiro furdunço tomou conta do processo para a escolha das agências que responderão pela comunicação no governo Flávio Dino. A apresentação dos resultados, marcada para a manhã da segunda-feira (15), foi transferida sem muitas explicações para o horário da tarde. Depois de cinco horas de atraso, a Comissão Central de Licitação (CCL) finalmente deu sequência à abertura dos envelopes que classificaram as agências Clara Comunicação, AB Propaganda e Marketing e Mallmann Marketing. O que mais causou estranheza, porém, foi a recusa da CCL em apresentar o relatório da subcomissão técnica com as notas individualizadas e justificativas para pontuação em cada item do edital. As agências prejudicadas com a decisão pretendem apresentar recursos e não descartam a possibilidade de questionar judicialmente o resultado da licitação. Até Zeca Pinheiro duvida II As agências de Félix Alberto (Clara), Alex Brasil (AB) e Carlos Mallmann (Mallman) desbancaram outras 17 concorrentes, dentre as quais a gigante dos sócios Antônio Lavareda e Duda Mendonça (Blackninja) e a Eurofort Comunicação – dona da conta do Governo do Rio de Janeiro. Republica… O curioso é que nos itens capacidade de atendimento, repertório e solução de cases de comunicação, quase todas as agências obtiveram a média de 35 pontos. A exceção foi a CCA Comunicação e Propaganda, que alcançou a nona colocação, com 34,4. … nização Longe do mercado há uma década, a Mallmann Marketing — avaliada no mesmo patamar da Blackninja — sequer tem site institucional. Possui apenas uma página no Facebook, que começou a ser alimentada na véspera do certame para a comunicação do estado. A empresa é ligada ao ex-secretário Ricardo Murad. 7×1 Nos corredores do Sistema Mirante de Comunicação, o resultado da licitação comunista foi comemorado como vitória em final de copa do mundo.

Continuar lendo Marrapá! Desclassificados podem recorrer da licitação do governo que escolheu agências de publicidade
Legislativo do Maranhão inaugura moderno complexo de comunicação
Arnaldo Melo e autoridades descerram fita simbólica de inauguração do complexo de comunicação

Legislativo do Maranhão inaugura moderno complexo de comunicação

Concorrida solenidade marcou, no início da noite desta segunda-feira (17), a inauguração do ‘Complexo de Comunicação’ da Assembleia Legislativa do Maranhão. O presidente da Casa, deputado Arnaldo Melo (PMDB), presidiu a cerimônia, na presença de diversas autoridades, entre as quais o secretário-chefe da Casa Civil do Governo do Estado, João Abreu, o senador Edison Lobão Filho (PMDB), o ministro do Turismo, Gastão Vieira, o presidente do Tribunal de Contas do Estado, conselheiro Edmar Cutrim, o vice-prefeito de São Luís, Roberto Rocha (PSB), e diversas outras autoridades. Ao declarar inaugurado o ‘Complexo de Comunicação’, o presidente da Assembleia, deputado Arnaldo Melo, destacou em sua fala a importância de o Parlamento maranhense poder contar com um dos mais modernos sistemas de comunicação do Brasil. “A partir de agora, com este Complexo de Comunicação, que possui as mais avançadas tecnologias de nosso País, estamos vivendo uma fase nova, e estamos fazendo com que a nossa Assembleia seja cada vez mais amada pela população do Maranhão”, ressaltou Arnaldo Melo. Ele lembrou que, ao assumir seu primeiro mandato, no ano de 1991, os eleitores reclamavam na época que os deputados, depois de eleitos e empossados, ficavam longe da população. “Agora não é mais assim. E nem pode mais ser assim. Com este sistema de comunicação vamos estar cada vez mais próximos de nosso povo”. Sem conseguir esconder sua emoção, Arnaldo Melo acrescentou: “Neste momento nos regozijamos por poder cumprir mais esta etapa da nossa administração. É mais uma etapa deste esforço de contribuir para a credibilidade do nosso Poder Legislativo. A Assembleia Legislativa do Maranhão está fazendo a sua parte”.

Continuar lendo Legislativo do Maranhão inaugura moderno complexo de comunicação

Seminário discute democratização da comunicação e mídias livres

A democratização dos meios de comunicação estará em pauta no próximo dia 23 de novembro, durante o Seminário de Comunicação e Mídias Livres que acontecerá no Grand São Luís Hotel, a partir das 8 da manhã. A importância das Redes Sociais e Rádios Comunitárias na democratização da informação, a liberdade de expressão e a pluralidade da informação estarão em discussão nos debates coordenados pelos palestrantes nacionais Fabrício Solagna (coordenador do Gabinete Digital do RS), Guido Bianchi (Empresa Pernambuco de Comunicações) e os regionais, Márcio Jerry (Secretário de Comunicação de São Luís), Francisco Gonçalves (FUNC), Ed Wilson (Abraço – MA), Francisco Júnior (Maranhão Da Gente) e Camila Rocha (Maranhão Da Gente). A atuação dos profissionais de comunicação nas Mídias Alternativas representa uma estratégia crucial para a quebra da hegemonia da grande imprensa, e para o fortalecimento da democracia. O Seminário de Comunicação e Mídias Livres pretende rediscutir o contexto das rápidas transformações da comunicação no país e no mundo, e a democratização dos meios de comunicação.

Continuar lendo Seminário discute democratização da comunicação e mídias livres
Márcio Jerry condena, na Câmara, a invasão de prédios públicos
Márcio Jerry, na Câmara: nada a ver com invasão.

Márcio Jerry condena, na Câmara, a invasão de prédios públicos

O secretário Márcio Jerry (Comunicação) garantiu aos vereadores de são Luís que não teve conhecimento prévio do movimento que, durante sete dias, ocupou a sede da Câmara Municipal. Foi durante sessão especial realizada naquele poder, ontem pela manhã (20), com objetivo de esclarecer o episódio. "Sou totalmente contra a invasão de prédios públicos", bradou o secretário.

Continuar lendo Márcio Jerry condena, na Câmara, a invasão de prédios públicos