Governador chama prefeitos da Ilha de São Luís para discutir estratégias de combate ao corona vírus

O governador do Maranhão, Flávio Dino, reuniu-se, nesta sexta-feira (17), por videoconferência, com os prefeitos da Ilha de São Luís para definir novas ações para o enfrentamento do coronavírus nos municípios de São Luís, Raposa, Paço do Lumiar e São José de Ribamar. A Ilha de São Luís é a região que concentra mais de 90% dos casos confirmados de Covid-19 no Maranhão. Na reunião, o governador ouviu os gestores municipais e propôs uma ação conjunta com o objetivo de fortalecer as diretrizes de combate ao coronavírus nesses municípios. “Precisamos dar as mãos nesse momento e unificar ações importantes para enfrentar esse momento difícil que estamos vivendo nos municípios da Ilha de São Luís que, hoje, apresenta o maior número de casos confirmados no estado”, disse o governador Flávio Dino. A disponibilidade de novos leitos e a melhora do fluxo de porta de entrada dos pacientes foram alguns dos pontos tratados entre o governador, gestores municipais e secretários de Estado.

Continuar lendo Governador chama prefeitos da Ilha de São Luís para discutir estratégias de combate ao corona vírus

Para combater assaltos, SSP manda intensificar abordagens a coletivos em toda a São Luís

Abordagem e revista a pessoas, monitoramento em paradas, apreensão de drogas e armas, condução de suspeitos a delegacias são algumas das ações da operação ‘Busca Implacável’ para combater crimes em coletivos. Iniciativa da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP), a operação é realizada pela Polícia Militar por meio do Batalhão Tiradentes, em ações na Região Metropolitana de São Luís. No primeiro semestre deste ano, a ‘Busca Implacável’ contabilizou mais de 60 mil procedimentos em ônibus. “É uma operação de rotina e permanente e que tem demonstrado seu efeito, uma vez que, ao notar o policiamento nos coletivos, a tendência dos suspeitos é frear a ação criminosa”, destacou o comandante do Batalhão Tiradentes e coordenador da operação, tenente-coronel Marques Neto. “Trata-se de um trabalho contínuo, no qual temos nos debruçado para garantir a tranquilidade e a segurança aos usuários desse serviço público”, disse. O foco do trabalho policial é o monitoramento dos pontos mais vulneráveis como paradas em locais considerados de grande risco de assaltos e nos pontos finais. São realizadas fiscalização com barreiras fixas em avenidas estratégicas de fluxo intenso e com histórico de registros de assaltos. O grupamento militar atende ainda demanda de ocorrências, reforçando e prestando apoio às demais iniciativas de combate a este tipo de crime. O número de incursões nos ônibus é medido a partir do registro em cartões magnéticos. Os equipamentos foram elaborados pela Segurança Pública em conjunto com técnicos da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT). “A cada passagem do dispositivo pelo aparelho instalado nos ônibus as informações são enviadas ao sistema da polícia e a partir daí é construído o relatório do dia de operação das equipes”, pontuou Marques Neto.

Continuar lendo Para combater assaltos, SSP manda intensificar abordagens a coletivos em toda a São Luís

Em carta aberta, juízes e promotores se pronunciam contra a corrupção no Maranhão

Ao término do Seminário sobre Improbidade Administrativa e Crimes Contra e Administração Pública, encerrado sexta-feira (26), juízes, promotores, delegados de polícia, e defensores públicos e demais participantes divulgaram uma "carta aberta" atribuída ao Movimento Maranhão Contra a Corrupção, em que se posicionam em relação a esses crimes, no Estado. Na carta, os participantes, "cientes do momento histórico por que passa o país", destacaram a " importância da participação efetiva de todas as instituições do sistema de justiça e também de cada cidadão para a mudança do patamar ético na administração pública". Também pontuaram que tal mudança "precisa acontecer em todas as relações sociais e pessoais" e, por isso, entendem ser necessário "o lançamento de algumas ideias gerais e outras específicas para as instituições do sistema de Justiça; todas voltadas à construção de uma sociedade pautada na ética e probidade na administração pública e na vida de cada cidadão". A carta conclui que, "por entenderam a gravidade dos danos causados pela corrupção, reiteram a priorização dos processos relativos ao tema como forma de intensificar a prevenção e punição daqueles que se desviam da ética na administração pública". Veja a íntegra da carta aberta--->>>

Continuar lendo Em carta aberta, juízes e promotores se pronunciam contra a corrupção no Maranhão

Governo, Prefeitura e Unicef discutem formas de combater a violência letal entre jovens e adolescentes

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas), o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e governo do Estado, por intermédio da Secretaria de Estado dos Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), participaram da elaboração do Plano de Redução da Violência Letal durante o I Seminário do Plano de Redução Letal contra Adolescentes e Jovens na Grande Ilha de São Luís. O evento foi realizado nestas segunda (30) e terça-feira (1º), no auditório do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) na Areinha. A titular da Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas), Andreia Lauande, destacou que os planos municipais, construídos junto com o poder público, sociedade civil e organizações sociais, representam um grande marco para o enfrentamento da violência contra os jovens da Grande Ilha (São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa). "Para o enfrentamento e redução dos homicídios dos nossos adolescentes e jovens é preciso cada vez mais integrar esforços com os poderes públicos, privados e sociedade civil para que todos os atores sociais entendam suas responsabilidades nesta causa. O prefeito Edivaldo defende a infância e a juventude na capital, determinando políticas públicas que garantam a proteção e oportunidades para este público", disse. SEMINÁRIO O seminário faz parte de uma série de ações da Plataforma dos Centros Urbanos, iniciativa do Unicef em parceria coma Prefeitura de São Luís, que é articuladora do Plano no Estado. A programação contou com o painel "Conhecendo a realidade e reduzindo os homicídios: contexto local, conceitos, experiências e diretrizes do enfrentamento", com a participação do representante nacional do Unicef, Fábio Morais, o Major da Polícia Militar, Marcos Silas David Costa e a representante do governo do Espírito Santo, Gabriela Riegert.

Continuar lendo Governo, Prefeitura e Unicef discutem formas de combater a violência letal entre jovens e adolescentes
Policia nas ruas! Governo adota ações articuladas para garantir mais segurança à capital maranhense
Candidatos convocados se preparam para atuar nas ruas. Foto: Karlos Geromy/Secom

Policia nas ruas! Governo adota ações articuladas para garantir mais segurança à capital maranhense

Para reverter a onda de violência que amedrontava a população de São Luís ao longo das últimas décadas, o Governo do Estado do Maranhão iniciou um ciclo de ações emergenciais: - “Adotamos medidas e ações que valorizam e fazem justiça a todos que compõem e fazem a segurança de nossa população e que representam a base para outras conquistas que virão. Já convocamos novos policiais militares, policiais civis, delegados, escrivães, legistas, bombeiros, além de investirmos na infraestrutura das forças policiais para expandirmos a atuação”, relatou Flávio Dino. Desde o início da atual gestão, o Governo do Estado realizou ações planejadas e articuladas entre a Secretaria de Segurança Pública, a Secretaria de Administração Penitenciária, a Delegacia Geral do Estado e os comandos da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, a fim de diminuir a criminalidade na capital maranhense.

Continuar lendo Policia nas ruas! Governo adota ações articuladas para garantir mais segurança à capital maranhense
Flávio Dinio diz que combate à corrupção garante os direitos dos mais pobres
Flávio Dino reforça o fato de que o combate à corrupção assegura direitos dos mais fracos

Flávio Dinio diz que combate à corrupção garante os direitos dos mais pobres

Ao comentar sobre mais uma etapa das operações desenvolvidas pela Polícia Civil destinada a combater a agiotagem que resultou na prisão de dois prefeitos, um ex-prefeito e um agiota, com o qual foram encontrados cheques de prefeituras, o governador Flávio Dino afirmou que o combate a corrupção tem um papel importante para assegurar os direitos da população mais necessitada. “Combater a corrupção é fundamental para garantir os direitos dos mais pobres. Por isso, nosso governo é firme no cumprimento da lei”, declarou. Informações preliminares, levantadas nas operações policiais, apontam que a quantia de recursos públicos desviada no esquema de agiotagem pode chegar à cifra de R$ 100 milhões. O delegado-geral da Polícia Civil, Augusto Barros informa que por enquanto a investigação já alcança 42 prefeituras e este número pode aumentar no decorrer das apurações. O governador Flávio Dino ressaltou que a Polícia Civil seguirá o compromisso republicano de investigar todos os envolvidos no esquema, existente há vários anos no estado, cabendo ao Poder Judiciário definir as punições cabíveis. “Quem decide sobre prisões é o Poder Judiciário. Livremente. Cabe a polícia fornecer provas contra corruptos. Agora faz e fará sempre”, afirmou o governador.

Continuar lendo Flávio Dinio diz que combate à corrupção garante os direitos dos mais pobres
Corrupção é “senhora idosa”, diz Dilma Roussef, após protestos, querendo tirar o dela da reta
Dilma diz que corrupção é velha conhecida, senhora idosa, querendo tirar o dela da reta...

Corrupção é “senhora idosa”, diz Dilma Roussef, após protestos, querendo tirar o dela da reta

"Meu compromisso é governar para os 203 milhões de brasileiros, sejam os que me elegeram, sejam os que não votaram em mim", afirmou Na primeira reação pública aos protestos do último domingo (15/3), a presidente Dilma Rousseff afirmou que as manifestações mostraram um "país forte" e ressaltou a importância da democracia. "Estou aberta ao diálogo", disse. Enquanto Dilma falava em Brasília, o Ministério Público Federal anunciava a denúncia contra o tesoureiro do PT, envolvido no esquema conhecido como petrolão. "A corrupção não nasceu hoje. Ela é uma senhora bastante idosa neste país e pode estar em qualquer área”, disse a presidente. Questionada a respeito dos escândalos de desvios de verba e lavagem de dinheiro, Dilma ponderou que o combate à corrupção começa por meio de um processo educacional: "É o fato de não querer ganhar vantagem em tudo, valorizar o trabalho. As pessoas não devem cometer pequenas infrações porque ela cria um ambiente de permissividade". Sobre os pedidos de intervenção militar, foi enfática: " "Não quero consenso. Você tem de aceitar que as vozes são diferentes, mas tem de haver responsabilidade quando se trata de instituição. Isso vale para todas as instituições. Vale para Congresso, Executivo, Judiciário", disse. “O dinheiro tem esse poder corruptor, temos que reforçar a legislação para impedir esses atos”, emendou. Dilma rebateu Eduardo Cunha – que diz existir corrupção no Executivo, e não no Legislativo – e afirmou que é preciso ter vigilância.

Continuar lendo Corrupção é “senhora idosa”, diz Dilma Roussef, após protestos, querendo tirar o dela da reta
Prefeitura combate fraude no sistema de transporte público de São Luís
SMTT "enxuga" o sistema para torná-lo mais rentável e evitar aumento de passagem

Prefeitura combate fraude no sistema de transporte público de São Luís

inco mil carteiras de gratuidade foram canceladas na última quinzena em São Luís. A medida compõe o conjunto de propostas da Prefeitura de São Luís para remodelamento do sistema de transporte público da cidade. Em combate à fraude, a Secretaria de Trânsito e Transportes (SMTT) já desabilitou, desde o início do ano, 67 mil cartões estudantis e de gratuidade. O remodelamento do sistema está alinhado com o posicionamento da Prefeitura de descartar o aumento da passagem de ônibus. O titular da SMTT, Canindé Barros, lembrou que as ações de reestruturação no sistema foram determinadas pelo prefeito Edivaldo. Para garantir maior eficácia no combate à fraude no sistema, a SMTT vai instalar o sistema de biometria facial no prazo máximo de 90 dias, a fim de garantir maior eficácia no controle do benefício. Atualmente, um dos instrumentos utilizados pela SMTT para coibir o uso indevido dos serviços de gratuidade no sistema de transporte coletivo é a atualização cadastral anual. Esse serviço de fiscalização será reforçado com a aferição embarcada, que consiste na checagem do documento do benefício na hora do embarque do usuário. Outra medida que será intensificada pelas equipes da SMTT é a fiscalização dos chamados taxi lotação. O combate sistemático do transporte clandestino somado à suspensão da domingueira e instalação da biometria facial representam um impacto total de mais de R$ 1,7 milhão no orçamento para os empresários do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de São Luís (SET).

Continuar lendo Prefeitura combate fraude no sistema de transporte público de São Luís

A César o que é de César: o Ministério Público do Maranhão não se omitiu quanto ao combate à violência

Há quem tenha cobrado do Ministério Público do Maranhão uma posição acerca da crise do sistema carcerário maranhense. Alguns chegaram a falar em “omissão” por parte do MP diante da onda de violência que se abateu sobre o Maranhão, especialmente em São Luís, onde os índices de criminalidade, dentro e fora dos presídios, há muito, é assustador. Temos criticado várias vezes a omissão do Ministério Público maranhense por problemas pontuais, como a intervenção em casos de flagrante corrupção de alguns de nossos emplumados homens públicos. Mas, desta vez, façamos justiça ao MP: Por mais de uma vez, coube ao Ministério Público Estadual a iniciativa de chamar a sociedade civil para, juntamente com todos os entes responsáveis pela Segurança Pública do Maranhão, discutir o assunto e encontrar soluções. Tem pregado, no deserto, é verdade. Assim, foi legítima a intervenção da Procuradoria Geral da Justiça, através da procuradora-geral, em exercício, Terezinha de Jesus Anchieta Guerreiro, ao entregar ao secretário de Estado da Casa Civil do Maranhão, João Abreu, ofício solicitando a adoção de medidas pela governadora Roseana Sarney para combater a onda de violência e garantir a segurança da população. O primeiro pedido do Ministério Público é que seja requisitado o apoio imediato da Força Nacional para atender as necessidades emergenciais de combate à violência. No documento, o MPMA destaca que a medida é necessária tendo em vista as ações recorrentes praticadas por líderes de facções e organizações criminosas, instaurando o medo na população.

Continuar lendo A César o que é de César: o Ministério Público do Maranhão não se omitiu quanto ao combate à violência
Autoridades preocupadas com a segurança reúnem-se na Assembléia Legislativa
Poderes reunidos: preocupação com a violência em são Luís e a busca das soluções

Autoridades preocupadas com a segurança reúnem-se na Assembléia Legislativa

REPRESENTANTES DO MINISTÉRIO PÚBLICO, DO EXECUTIVO, DO LEGISLATIVO E DO JUDICIÁRIO SENTAM-SE À MESA PARA DISCUTIR ALTERNATIVAS PARA O COMBATE À VIOLÊNCIA EM SÃO LUÍS O Ministério Público do Maranhão se reuniu, na manhã desta segunda-feira, 11, com representantes dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, na sede da Assembleia Legislativa do Maranhão, para traçar estratégias de combate à violência em São Luís. Membros da sociedade civil, líderes comunitários e conselheiros de segurança também participaram do encontro. A ausência de políticas públicas de segurança e o número insuficiente de policiais no Maranhão foram problemas destacados no debate. A promotora de justiça e diretora da Secretaria para Assuntos Institucionais do MPMA, Fabíola Fernandes Faheína Ferreira, representou a instituição. Ao final do encontro, ficou acertado que serão realizadas reuniões setorizadas nos bairros da capital, com os Conselhos de Segurança Pública de São Luís. A estratégia é traçar ações de acordo com a necessidade de cada localidade.

Continuar lendo Autoridades preocupadas com a segurança reúnem-se na Assembléia Legislativa