Não tem ninguém? Sete motivos pelos quais você não consegue um parceiro (segundo a ciência)

E foram felizes para sempre... É assim que nos ensinam que acabam as histórias de casais com final feliz, com um casamento dos sonhos, com todo o garbo e os dois amantes se pegando como dois passarinhos. Queremos acreditar que toda essa felicidade romântica nos chega como que do nada, derivada do nosso código genético, e que nos alcançará cedo ou tarde. Pois bem, não é assim que acontece. Pode até ser que você esteja sabotando sem querer as suas próprias oportunidades de provar do mel do amor por conta de sua incompetência em se ligar com os outros. Psicólogos e antropólogos lhe dão uma mãozinha, aqui, para evitar este fracasso. A linguagem especializada nisso é chamada de isopraxis. Se o seu potencial parceiro gosta de correr, calce tênis; se ele gosta de futebol, esforce-se para se informar sobre o campeonato em curso. Ficar só na sua é o prenúncio de uma longa e solitária vida de solteiro. VEJA AS DICAS

Continuar lendo Não tem ninguém? Sete motivos pelos quais você não consegue um parceiro (segundo a ciência)

Com mais de 30 anos, acaba na China a política do filho único; casais agora já podem ter dois bebês

Partido Comunista Chinês deixa cair medida com mais de 30 anos e passa a consentir que todos os casais possam ter até dois filhos. O Partido Comunista Chinês anunciou o fim da política do filho único, avança a agência de informação oficial do país, citando o plano quinquenal que está a ser discutido no plenário anual do partido, em Pequim, e que vai abranger o período de 2016 à 2020. Durante os últimos 30 anos, a política oficial do governo de Pequim era impor um limite de um filho por casal, no caso das famílias urbanas, e de dois filhos, nas zonas rurais. Havia excepções nos casos em que pelo menos um dos pais é filho único e quando o primeiro filho é uma rapariga. O Executivo chinês explica que a medida serviu para controlar a sobre-população daquele que é o país mais povoado do planeta, com mais de 1355 milhões de habitantes. Mas a população chinesa está a envelhecer o que está a afectar a vitalidade da economia. Um em cada dez chineses tem mais de 65 anos. E a proporção deverá subir para um terço até 2050. Dados do Banco Mundial indicam que, em 2014, a China tinha 1.364 milhões de pessoas, enquanto em 2006 era de 1.311 milhões, um crescimento de 4%. A segunda maior economia do mundo deverá crescer este ano 7,1%, abaixo dos 7,4% registados em 2014.

Continuar lendo Com mais de 30 anos, acaba na China a política do filho único; casais agora já podem ter dois bebês