Emily, campeã do BBB-17, depõe na Delegacia da Mulher de Jacarepaguá sobre agressão que sofreu de Marcos

Jovem prestou depoimento por três horas. "Foi um bom depoimento, esclarecedor. É importante a vítima ser ouvida", disse a delegada Marcia Noeli, chefe da Divisão de Polícia de Atendimento à Mulher (DPAM) A campeã do "BBB 17", Emilly Araújo, de 20 anos, deixou, na tarde desta segunda-feira, a Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM), em Jacarepaguá, Zona Oeste do Rio. Ela prestou depoimento no caso que apura se ela sofreu violência doméstica da parte de Marcos Harter, seu colega e namorado de confinamento. Ela, a irmã e o pai saíram assustados com o assédio dos fãs, que estavam do lado de fora. Emilly ficou mais de três horas na delegacia e saiu em silêncio do local. A delegada-titular Viviane Costa Ferreira também não falou com a imprensa. Na quarta-feira passada, Marcos, de 37 anos, foi à mesma delegacia para prestar depoimento. Ele foi expulso do programa na segunda-feira, dia 10, após a polícia civil abrir um inquérito para apurar se ele agrediu a participante Emilly após uma festa dentro do "BBB". Durante depoimento da campeã do reality show, cerca de quinze pessoas foram prestar solidariedade à ex-BBB. Algumas carregando cartazes com frases de apoio como “Emilly, você não está só”. Uma delas é a fotógrafa Stefania Freitas, de 38 anos, moradora de Bangu, na Zona Oeste. Fã do ex-casal, ela defende que Marcos não agrediu Emilly e acha que o caso tem tomado uma proporção exagerada.

Continuar lendo Emily, campeã do BBB-17, depõe na Delegacia da Mulher de Jacarepaguá sobre agressão que sofreu de Marcos