Agredida por marido que a confundiu com atriz pornô, mulher se joga do quarto andar de prédio no DF

Uma jovem de 23 anos saltou do quarto andar do prédio onde mora para fugir das agressões do marido, que a confundiu com uma atriz pornô, em Taguatinga, no Distrito Federal. A jovem teve graves lesões na bacia e pode ter os movimentos das pernas comprometidos. O caso aconteceu na última segunda-feira. De acordo com o delegado responsável pelo caso, Raimundo Vanderly, da 21ª DP (Taguatinga), o marido da vítima, de 30 anos, estava assistindo a filmes pornô no computador enquanto a esposa estava dormindo no quarto do casal. Ao ver uma atriz com uma tatuagem no braço esquerdo, o homem achou que era a sua mulher no filme. Enfurecido, ele correu para o quarto e acordou a jovem com tapas e socos. PRÉDIO- Ela relatou que ele chegou muito agressivo ao quarto e começou a esbofeteá-la, falando para confessar que era ela nas imagens e que fazia filmes pornôs. A vítima negou, tentou explicar e entender o que estava acontecendo, mas ele não parava de bater. De repente, foi à cozinha e pegou uma faca. Nesse momento, zelando pela própria vida, ela se jogou da sacada do apartamento, no 4º andar, caindo sobre uma cobertura - disse o delegado. A vítima foi socorrida por vizinhos, que ouviram o barulho da queda. Em um vídeo filmado por uma amiga da jovem no hospital, ela falou sobre o ocorrido. Imobilizada e com diversos ferimentos pelo corpo, a jovem contou que, mesmo após ter se jogado, o marido desceu atrás dela com a faca, mas foi impedido pelos vizinhos de chegar perto da mulher. "Olhei para a janela e vi que a minha única chance era pular dali. Pensei, meu Deus...Se eu cair e me quebrar todinha, não vou poder mais nem andar, mas pelo menos vou estar viva. Ele ia me esfaquear, me cortar todinha", contou. "Quando eu caí, comecei a gritar, pedir socorro. Gritei para todo mundo. Eu vi que não estava mais sentindo as minhas pernas. Eu senti muita dor. Gritei e os vizinhos desceram. Vi que ele desceu com a faca para me matar lá embaixo. Ele não encostava em mim. Só ficava me xingando e mostrando para todo mundo o vídeo, dizendo que eu era vagabunda", relatou. VEJA O VIDEO EM QUE A VÍTIMA RELATA O QUE PASSOU~~~~>>

Continuar lendo Agredida por marido que a confundiu com atriz pornô, mulher se joga do quarto andar de prédio no DF