Delação premiada faz estrago! Youssef confessa ter pago R$ 3 milhões a assessor direto de Roseana Sarney
Delação premiada: Doleiro Alberto Youssef volta a complicar Roseana Sarney e João Abreu...

Delação premiada faz estrago! Youssef confessa ter pago R$ 3 milhões a assessor direto de Roseana Sarney

Em depoimento prestado à Polícia Federal, em novembro do ano passado, o doleiro Alberto Youssef revelou que pagou pessoalmente, no dia em que foi preso, em nome da UTC, propina de R$ 1,4 milhão que seria destinada ao então chefe da Casa Civil do governo de Roseana Sarney, João Abreu. O acerto, de acordo com o delator, seria para o governo aceitar pagar precatório da UTC no valor de R$ 113 milhões em 24 parcelas. No depoimento, Youssef revela que o suborno acordado foi de R$ 10 milhões. "Mediante um acordo com João Abreu, ficou combinado que receberia parte do comissionamento, ou seja, três milhões de reais. Adarico Negromonte e Rafael Ângulo e salvo engano uma terceira pessoa levaram duas parcelas de R$ 800 mil". Youssef conta que, no dia de sua prisão, levou R$ 1,4 milhão no quarto de Marco Ziegert, no Hotel Luzeiros, em São Luis, no Maranhão. O dinheiro foi levado numa mala preta e chegou até o Maranhão num avião fretado. O doleiro informou que "no dia em questão, recebeu um tefonema em seu quarto e a pessoa disse que era engano, sendo que, ao retornar a ligação, soube que se taratava da Superintendência da Polícia Federal em Curitiba".

Continuar lendo Delação premiada faz estrago! Youssef confessa ter pago R$ 3 milhões a assessor direto de Roseana Sarney
Viúva de assessor de Eduardo Campos fala pela primeira vez sobre tragédia
Cecília Ramos, viúva de Carlos Percol, disse que ele vivia o melhor momento da vida (Foto: Luna Markman/G1)

Viúva de assessor de Eduardo Campos fala pela primeira vez sobre tragédia

Com Percol não tinha tempo ruim', disse Cecília Ramos nesta quinta. Ela participou de missa na casa da família do ex-governador de PE. Luna Markman e Mariana OliveiraDo G1 PE e do G1 Política A jornalista Cecília Ramos, viúva de Carlos Augusto Ramos Leal Filho, o Percol, assessor de Eduardo Campos que morreu em acidente aéreo que também vitimou o candidato à Presidência do PSB, falou nesta quinta-feira (14), pela primeira vez, sobre a morte do marido. Ela disse que "não adianta procurar explicação" para o episódio, mas que a conforta o fato de que o marido estava feliz, no "melhor momento da vida dele". "Eles estavam felizes. Eu falei com Percol na madrugada [que antecedeu o acidente]. Com Percol não tinha nada de tempo ruim. Sempre dedicação total à campanha, eram uma dupla. [...] Ele estava feliz, e a felicidade dele era a minha. [...] Eu só queria que ele soubesse que ele foi a melhor coisa do mundo. Era uma pessoa extremamente do bem, transformava coisas ruins em lição, aprendizado", afirmou a viúva de Percol, após missa realizada na casa de Campos. Cecília Ramos chorou ao lembrar que estavam casados havia quatro meses e disse que chegou a pedir licença do trabalho para ir para São Paulo e ajudar na campanha. "A gente casou há quatro meses. Eu dizia que não fazia questão de perdê-lo para Eduardo, porque era uma admiração mútua, uma companhia, e ele tava tão feliz. A felicidade dele era a minha."

Continuar lendo Viúva de assessor de Eduardo Campos fala pela primeira vez sobre tragédia