Tragédia em Pedreiras: juíza solta maníaco que mata a tiros ex-namorada, mototaxista e se suicida
Antônio Carlos, assassino e suicida, deixou chocada a comunidade de Pedreiras

Tragédia em Pedreiras: juíza solta maníaco que mata a tiros ex-namorada, mototaxista e se suicida

Uma tragédia ocorrida na madrugada de hoje (13), na cidade maranhense de Pedreiras, a 260 quilômetros de São Luís, na região do Médio Mearim, chocou o Estado e, com certeza, vai chocar o Brasil: inconformado com o fim de um relacionamento, Antônio Carlos da Conceição, 27 anos, natural de Coroatá-MA, matou a tiros a ex-namorada Maria Nilde e se suicidou em seguida, depois de sequestrá-la. Antes atirou e matou um mototaxista e feriu outro cidadão. Os dois tentaram ajudar a vítima a se livrar do assassino. O mais grave é que o homicida e suicida já havia sequestrado e levado a ex-namorada para cárcere privado no dia 3 de julho passado, pelo que foi preso, mas libertado 30 dias depois pela juíza de Direito Larissa Tupinambá. Era o que ele precisava para concluir seu projeto macabro. Solto, voltou a sequestrar a moça, desta vez matando-a e suicidando-se em seguida. Agora, quem vai ter que se explicar é a juíza de Direito Larissa Tupunambá - dizer das razões jurídicas que teve para libertar um cidadão sabidamente perturbado, que já havia se mostrado capaz de praticar a trajédia que chocou Pedreiras, o Maranhão e o Brasil

Continuar lendo Tragédia em Pedreiras: juíza solta maníaco que mata a tiros ex-namorada, mototaxista e se suicida