Messi promete caminhar 50km se a Argentina ganhar a Copa da Rússia

Em entrevista ao canal “Tyc Sports”, o craque da seleção argentina aceitou o desafio de andar de Rosario até San Nicolás Lionel Messi quebrou o silêncio e concedeu uma entrevista ao canal de televisão “Tyc Sports”, nesta quarta-feira (8). Durante a conversa, o repórter propôs ao craque um desafio que terá de ser cumprido se a Argentina conquistar a Copa do Mundo de 2018. O camisa 10 topou na hora. Se vencer o Mundial da Rússia, Messi prometeu caminhar de Rosário, cidade onde o camisa 10 nasceu, até San Nicolás, que abriga uma importante basílica. “Vamos a San Nicolás. Se tenho que ir, vamos”, disse o jogador do Barcelona. A distância entre as cidades em questão é de 50 km. E se tiver que cumprir a promessa, Messi terá a companhia de Agüero, do Manchester City, que também participou da entrevista.

Continuar lendo Messi promete caminhar 50km se a Argentina ganhar a Copa da Rússia

Brasil perde pela primeira vez sob o comando de Tite:1 x 0 para a Argentina

Resultado do clássico marca a a estreia de Jorge Sampaoli na seleção argentina A seleção argentina, agora sob a batuta de Jorge Sampaoli, comandada pelos craques Di María e Lionel Messi, venceu a seleção brasileira por 1 x 0 no clássico amistoso em Melbourne, na Austrália, nesta sexta-feira. O gol que selou o resultado e a vitória albiceleste foi marcado pelo zagueiro Mercado, no fim do primeiro tempo, após aparecer livre na pequena área para aproveitar um rebote. Com quase 100.000 torcedores no estádio Melbourne Cricket Ground, o jogo determinou a estreia de Jorge Sampaoli pela seleção argentina, ex-técnico de Sevilla e Chile, que usou força máxima para enfrentar a equipe de Tite. Sem sete titulares, já que Neymar, Casemiro, Daniel Alves, Marcelo, Miranda, Marquinhos e Alisson foram poupados da convocação, o treinador brasileiro, prestes a completar um ano no cargo, sofreu sua primeira derrota em 10 jogos. Depois de décadas de exclusividade, a partida, que começou às 7h05 (horário de Brasília), não foi mostrada pela Globo. A transmissão oficial ficou sob responsabilidade da CBF e contou com comentários de Pelé. Na próxima terça-feira,13 de junho, também às 7h05, a seleção brasileira volta a campo em Melbourne para enfrentar a Austrália.

Continuar lendo Brasil perde pela primeira vez sob o comando de Tite:1 x 0 para a Argentina

Presa freira que ajudava dois padres a estuprar crianças surdas na “Casinha de Deus”

Durante anos muitos menores foram abusados em um centro da Igreja Católica, na Argentina. Ninguém quis ouvir as denúncias das vítimas ou seus familiares (EL PAÍS) Eram crianças, surdas e muito pobres. As vítimas ideais. Foi fácil convencê-las a não contar nada. E se contassem, como aconteceu com algumas, ninguém iria acreditar nelas. Ainda hoje, com vinte e poucos anos, surpreendem advogados e promotores pelos rostos de terror que fazem em rodadas de reconhecimento quando veem o padre Corradi, de 82 anos. Colocam a mão na boca e fecham o punho. Ainda têm medo mesmo com ele na cadeia. São as crianças do Provolo de Mendoza (oeste da Argentina), um instituto para surdos onde foram cometidos abusos sexuais de todos os tipos durante anos contra menores, inclusive de cinco anos. Realizados principalmente por sacerdotes, às vezes com a ajuda de uma freira que testava meninas e meninos para encontrar os mais fracos e entregá-los aos sacerdotes. Aqueles que resistiam, se salvavam. Os que eram submissos acabavam sendo abusados Há seis pessoas detidas e o centro foi fechado em dezembro. Nem a Igreja tem coragem de negar o que acontecia lá dentro. Os estupros e as humilhações de todo tipo – uma adolescente denuncia que foi acorrentada e abusada por quatro pessoas ao mesmo tempo – quase sempre aconteciam em um sótão, em uma sala que chamavam de “a casinha de Deus”. A polícia encontrou as correntes e material pornográfico. “Ao subir as escadas em uma inspeção, uma vítima apontou uma imagem da Virgem e disse: ‘Sempre que passava por aqui, a freira malvada fazia o sinal da cruz’. Como podia ser tão hipócrita?”, pergunta o promotor do caso, Gustavo Stroppiana, que tem problemas para dormir à noite – tem filhos pequenos – depois das coisas que ouviu na investigação. A freira foi presa esta semana pelas provas encontradas. estupros e as humilhações de todo tipo – uma adolescente denuncia que foi acorrentada e abusada por quatro pessoas ao mesmo tempo – quase sempre aconteciam em um sótão, em uma sala que chamavam de “a casinha de Deus”. A polícia encontrou as correntes e material pornográfico. “Ao subir as escadas em uma inspeção, uma vítima apontou uma imagem da Virgem e disse: ‘Sempre que passava por aqui, a freira malvada fazia o sinal da cruz’. Como podia ser tão hipócrita?”, pergunta o promotor do caso, Gustavo Stroppiana, que tem problemas para dormir à noite – tem filhos pequenos – depois das coisas que ouviu na investigação. A freira foi presa esta semana pelas provas encontradas. “Várias testemunhas concordam. Primeiro, a freira Kumiko Kosaka batia nos menores para testá-los. Aqueles que resistiam, se salvavam. Os que eram submissos acabavam sendo abusados”, explica Sergio Salinas, advogado de várias vítimas e grande incentivador da causa apoiado por sua associação, Xumek. Uma menina de cinco anos, agora adolescente, foi repetidamente estuprada por Corbacho, outro padre do Provolo que está preso. “A freira a levava ao quarto do padre, sabendo o que acontecia, e um dia colocou uma fralda para esconder a hemorragia e levá-la ao refeitório. Doía tanto que não podia se sentar. Ela mostrava pornografia, fazia as meninas se tocarem. Eram crianças muito pobres, com famílias problemáticas, que pouco viam os filhos porque estavam internados. Além disso, os escolhidos eram aqueles que tinham mais dificuldade para se comunicar com os pais, que não conheciam a linguagem de sinais”, diz Salinas.

Continuar lendo Presa freira que ajudava dois padres a estuprar crianças surdas na “Casinha de Deus”

Setenta novos jovens maranhenses embarcam para estudar no Canadá e na Argentina pelo programa ‘Cidadão do Mundo’

O sonho de estudar fora do Brasil em um intercâmbio internacional vai se tornar realidade para mais 70 jovens estudantes maranhenses. Nesta quarta-feira (05), os alunos que participarão da 2ª edição do programa ‘Cidadão do Mundo’ estiveram no Palácio dos Leões, na cerimônia de pré-embarque, conversando com o governador Flávio Dino e contando sobre a expectativa de vivenciar a experiência proporcionada pelo Governo do Maranhão. Dos 70 jovens selecionados para esta edição do ‘Cidadão do Mundo’, que embarcam no próximo sábado (8), 30 irão para a província de Córdoba, na Argentina, onde aprenderão o espanhol; 30 vão para a cidade de Halifax, na província canadense de Nova Escócia, para aperfeiçoar o inglês; e dez vão estudar francês em Montreal, também no Canadá. Durante o diálogo com os estudantes, o governador Flávio Dino ressaltou que o programa chega à segunda edição devido ao sucesso da primeira etapa, que reuniu mais de 100 jovens – entre ‘Cidadão do Mundo’ e ‘Estágio Internacional’. Essa ação se insere em um “conjunto de iniciativas visando valorizar esse ativo estratégico para que haja o desenvolvimento verdadeiro que é a educação”. Para ele, esse é “um consenso retórico, mas muita gente só lembra desse consenso nas campanhas eleitorais e depois esquece disso”. De acordo com Flávio Dino, educação é um investimento de longo prazo e que rompe com política de modo tradicional. “Você não inaugura as pessoas. E às vezes os Governos são medidos por isso. Nós estamos construindo muitas obras físicas, escolas, hospitais, estradas, mas nós temos muito mais orgulho nas obras que mudam as pessoas”, frisou o governador, que disse acreditar nesse efeito porque essa foi a trajetória histórica de todos os povos e nações que conseguiram se emancipar e se libertar da pobreza, do atraso, da escravidão e do desconhecimento. “E nós estamos fazendo este investimento pela primeira vez na história do estado de modo consistente”, completou.

Continuar lendo Setenta novos jovens maranhenses embarcam para estudar no Canadá e na Argentina pelo programa ‘Cidadão do Mundo’
Como no filme: cardume de piranhas fere 70 banhistas no Rio Paraná
Piranhas... Elas sempre provocam frio na espinha... da gente.

Como no filme: cardume de piranhas fere 70 banhistas no Rio Paraná

Em torno de setenta pessoas ficaram feridas durante um ataque de um cardume de piranhas que aconteceu em um rio argentino, na última quarta-feira. Entre as vítimas estavam 7 crianças que tiveram parte dos seus dedos comidos pelos peixes carnívoros. De acordo com funcionários, milhares de banhistas foram se refrescar das altas temperaturas no Rio Paraná, na cidade de Rosario, quando algumas pessoas de repente começaram a ser mordidas em suas mãos e pés. O ataque foi atribuído a 'palometas', um tipo de piranha com dentes grandes e afiados. Apesar do ataque assustador vários banhistas voltaram às águas naquela mesma tarde. (Zoomin.TV)

Continuar lendo Como no filme: cardume de piranhas fere 70 banhistas no Rio Paraná
Solidário ao Clarín, Globo teme lei de meios da Argentina
Globo: com as barbas de molho: "Eu serei você, amanhã?"

Solidário ao Clarín, Globo teme lei de meios da Argentina

Um fantasma assombra a Globo: Será que a Argentina é o Brasil, amanhã? Se for, a Globo não terá o mesmo poder de que hoje desfruta; talvez por isso, editorial do Globo, de João Roberto Marinho, condena duramente a nova lei dos meios de comunicação no país vizinho No editorial, João roberto considerra que isso não é um fato isolado, "mas parte de um projeto de garroteamento do jornalismo independente, aplicado já há algum tempo". A derrota do jornalismo profissional é dupla: perde espaço e, como acontece há algum tempo na Argentina, o vácuo é preenchido por empresários ligados à Casa Rosada. Eles deverão ser os compradores das concessões a serem compulsoriamente vendidas pelo Clarín. Veja o editorial, na íntegra:

Continuar lendo Solidário ao Clarín, Globo teme lei de meios da Argentina
Família mostra esqueleto que diz ser de chupa-cabra
Um chupa-cabra? Se não for, que bicho é esse?

Família mostra esqueleto que diz ser de chupa-cabra

Uma família argentina exibe em sua casa o esqueleto de um animal, com presas e garras, que dizem pertencer a um chupa-cabra, o mítico ser que, diz a lenda, ataca outros animais em zonas rurais da América Latina, informou ontem (2) a agência oficial Télam. Os restos do suposto chupa-cabra causaram assombro e certo terror entre os moradores de Rosário, a 350 quilômetros de Buenos Aires, que foram ver de perto o animal.

Continuar lendo Família mostra esqueleto que diz ser de chupa-cabra