PF prende hackers que invadiam contas bancárias e subtraíam dinheiro dos clientes

Ao invadir as contas dos clientes, o grupo desviava os valores para "laranjas" e, posteriormente, sacava e e "lavava" o dinheiro. A Polícia Federal deflagrou, na manhã de hoje (20), a Operação Stalker para desarticular uma organização criminosa composta por hackers especializados em fraudar contas bancárias da Caixa Econômica Federal pela internet. O grupo invadia as contas dos clientes e desviava os valores para contas em nome de laranjas para posteriormente sacar e lavar o dinheiro. Estão sendo cumpridos oito mandados de busca e apreensão, cinco mandados de prisão temporária e cinco mandados de condução coercitiva expedidos pela 4ª Vara Federal de Belém, especializada em lavagem de dinheiro. Os mandados são nas cidades de Paraupebas/PA e São Luís/MA. Foram apreendidos computadores, mídias, celulares e bens, incluindo um automóvel de luxo. A operação contou com 50 policiais federais e foi desenvolvida pelo Grupo de Repressão a Crimes Cibernéticos da Superintendência Regional do Pará.

Continuar lendo PF prende hackers que invadiam contas bancárias e subtraíam dinheiro dos clientes

Polícia do Rio apreende no Galeão 60 fuzis “exportados” de Miami para o Brasil

A Polícia Civil apreendeu na tarde desta quinta-feira cerca de 60 fuzis no setor de cargas da Receita Federal do Aeroporto Tom Jobim. As armas foram encontradas por policiais da Delegacia de Roubos e Furtos de Cargas (DRFC) dentro de filtros de piscinas. Quatro pessoas foram presas na operação, uma delas um empresário de São Gonçalo, que seria o fornecedor do armamento para o tráfico. Segundo o secretário de Segurança, Roberto Sá, esta é a maior apreensão de armas no estado nos últimos dez anos, pelo menos. A Polícia Civil apreendeu na tarde desta quinta-feira cerca de 60 fuzis no setor de cargas da Receita Federal do Aeroporto Tom Jobim. As armas foram encontradas por policiais da Delegacia de Roubos e Furtos de Cargas (DRFC) dentro de filtros de piscinas. Quatro pessoas foram presas na operação, uma delas um empresário de São Gonçalo, que seria o fornecedor do armamento para o tráfico. Segundo o secretário de Segurança, Roberto Sá, esta é a maior apreensão de armas no estado nos últimos dez anos, pelo menos. Os policiais também apreenderam no aeroporto sete caixas com munição 762, usada nos fuzis AR-10, num total de 140 projéteis. No Rio, um dos presos é o empresário identificado como João Vitor Rosa da Silva. Ele seria o fornecedor de armas de guerra para traficantes do estado. O empresário foi preso em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio, numa academia de ginástica. O cabeça do esquema, um brasileiro que mora em Miami, nos Estados Unidos, está sendo procurado pela polícia. O homem é dono de uma empresa de importação e exportação. Os fuzis, modelos AK-47, G3 e AR-10, vinham de Miami dentro de contêineres junto com uma carga de aquecedores para piscinas. Segundo a polícia, as armas custavam de R$ 40 mil a R$ 45 mil e eram vendidas para todas as facções do tráfico. A Secretaria de Segurança deve pedir ao Judiciário autorização para que os fuzis apreendidos passem a ser usados pela polícia.

Continuar lendo Polícia do Rio apreende no Galeão 60 fuzis “exportados” de Miami para o Brasil
SMTT cai de pau em veículos irregulares. Táxi pirata foi o alvo mais atingido
Mais de 20 veículos irregulares são apreendidos pela SMTT

SMTT cai de pau em veículos irregulares. Táxi pirata foi o alvo mais atingido

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), apreendeu na manhã desta quarta-feira (14) vinte carros e sete motocicletas em situação irregular em fiscalização realizada nas áreas do Anel Viário e barragem do Itaqui-Bacanga. As apreensões fazem parte da primeira etapa da Operação Táxi Legal de 2015, que disciplina o transporte de passageiros. A operação foi executada pelos agentes da SMTT, com apoio da Polícia Militar (PMMA), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Polícia Civil e Guarda Municipal. A operação contra o transporte irregular de passageiros será mantida em vários pontos estratégicos da capital. Desde outubro do ano passado, a Prefeitura realiza ações de disciplinamento do trânsito e de transportes em vários pontos da cidade. O balanço das ações aponta um total de 400 veículos apreendidos, entre carros e motos. A operação visa ao combate do serviço de transporte irregular de passageiros, táxis piratas, táxis lotação e de várias outras irregularidades no trânsito, conforme determinação do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Para realizar o transporte de passageiros em São Luís, é necessária a autorização do poder público municipal, por meio da SMTT. Vários requisitos, tanto do condutor quanto dos veículos, devem ser observados, como itens de segurança, higiene, manutenção e conservação do veículo, além de toda a documentação necessária.

Continuar lendo SMTT cai de pau em veículos irregulares. Táxi pirata foi o alvo mais atingido
Que vergonha! Helicóptero do pó voava movido a dinheiro público
O helicóptero do deputado de MG encontrado entupido de cocaína

Que vergonha! Helicóptero do pó voava movido a dinheiro público

Aparelho do deputado estadual Gustavo Perrella (SDD), de Minas Gerais, filho do senador Zezé Perrella (PDT), tem combustível pago pela Assembleia Legislativa; gastos foram de R$ 14 mil entre janeiro e outubro; piloto Rogério Almeida, preso em flagrante pela Polícia Federal quando transportava 450 quilos de cocaína, recebia salários da mesma fonte pública: R$ 1,7 mil por mês; verba para o helicóptero do pó deu para comprar 2,8 mil litros de querosene e voar 6,5 mil quilômetros; Perrellinha confirmou uso dos recursos públicos para cumprir missões políticas; não ficou claro, porém, se fazia isso com ou sem cargas pesadas; repercussão do caso leva Assembleia a proibir, a partir de agora, verba de combustíveis para deputados Tornou-se ainda mais grotesto o caso da apreensão, com 450 quilos de cocaína, nesta semana, do helicóptero de propriedade da empresa agropecuária dos filhos do senador Zezé Perrela (PDT-MG) - o deputado estadual Gustavo Perrella (Solidariedade) e sua irmã Carolina Perrella, além do primo André Almeida Costa. Descobriu-se que o chamado helicóptero do pó voava à base de combustível pago com o dinheiro público dos contribuintes mineiros. O piloto Rogério Almeida, preso em flagrante com a impressionante carga da droga, também recebia R$ 1,7 mil da Assembleia, na qualidade de assessor do deputado Perrelllinha. Nada menos que R$ 14 mil foram gastos, entre janeiro e outubro deste ano, pela Assembleia mineira com o combustível para o helicóptero do pó. Com esse dinheiro é possível comprar nada menos que 2,8 mil litros de querosene, o suficiente para voar 6,5 mil quilômetros. Perrelinha confirmou que usava a verba indenizatória dada pela Assembleia para encher o tanque do aparelho, usado, sendo registrou em nota, para missões políticas.

Continuar lendo Que vergonha! Helicóptero do pó voava movido a dinheiro público
Justiça e Polícia se unem para encurralar traficantes em Duque Bacelar
Maconha e outros "bagulhos" mapeados pela polícia em Duque Bacelar

Justiça e Polícia se unem para encurralar traficantes em Duque Bacelar

Segundo divulgou o site da Secretaria de Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA), operação realizada por equipes da Delegacia de Duque Bacelar, com apoio de policiais militares do 4º BPM de Caxias, deu cumprimento a 10 mandados de busca e apreensão na cidade. A ação foi desencadeada com base em levantamentos de pontos de incidência de tráfico na cidade, distante 346 km de São Luís. De acordo com informações do delegado Leonam Fonseca, a Operação foi baseada em sete meses de investigações feitas pela Polícia Civil. “Foram levantados pontos de maior circulação de drogas com base em depoimentos de usuários”, relatou o delegado.

Continuar lendo Justiça e Polícia se unem para encurralar traficantes em Duque Bacelar
PF faz a maior apreensão de cocaína em pó do ano
Quase meia tonelada de cocaína em pó tirada de circulação e do consumo

PF faz a maior apreensão de cocaína em pó do ano

(G1) A Polícia Federal (PF) apreendeu, ontem, quase meia tonelada de cocaína na BR-316, em Ananindeua, na Região Metropolitana de Belém, na última quinta-feira (17). Segundo a PF, essa é considerada a maior apreensão de cocaína em forma de cloridrato (cocaína em pó) realizada no país, este ano. As investigações apuraram que a droga vinha da Bolívia e tinha Belém como rota. A polícia teve dificuldade para encontrar a droga. Os pacotes estavam em dois tanques de combustíveis de uma carreta que vinha do Mato Grosso.

Continuar lendo PF faz a maior apreensão de cocaína em pó do ano