Alta velocidade  motivou mais de 14 mil multas nos 3 primeiros meses de 2017 em São Luís
Sem fotossensores nas avenidas, excesso de velocidade é maior (Foto: Flora Dolores / O ESTADO)

Alta velocidade motivou mais de 14 mil multas nos 3 primeiros meses de 2017 em São Luís

De janeiro a março deste ano, condutores de São Luís já cometeram mais de 14 mil infrações por excesso de velocidade. Média de 159 por dia nos primeiros três meses de 2017. Os dados são do Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran). Recentemente, vários fotossensores, popularmente conhecidos como pardais, e barreiras de controle de velocidade foram retirados de algumas das principais avenidas. A informação está na dição de hoje (17) do Jornal O Estado do Maranhão. Transitar em velocidade superior à máxima permitida em até 20% foi a infração mais cometida pelos condutores no primeiro trimestre deste ano. Dirigir em excesso de velocidade é perigoso, pois, quanto maior a velocidade do veículo, maiores são os riscos de acidentes, pois o condutor não consegue realizar frenagens de emergência em tempo hábil para evitar uma colisão. Além disso, em caso de atropelamento, quanto maior a velocidade do veículo, maiores o impacto da batida e as chances de a colisão deixar sequelas graves ou ser fatal. Transitar em velocidade superior à máxima permitida para o local gera multa, segundo o Artigo 128 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). O valor varia de acordo com a porcentagem ultrapassada do limite permitido, podendo chegar a R$ 574,61 no caso de velocidade superior acima de 50% do permitido, que é considerada infração gravíssima. Esta, aliás, foi a quinta infração mais cometida até agora. No ranking das 10 violações às leis de trânsito mais registradas este ano, aparece ainda transitar em velocidade superior à máxima permitida em mais de 20% até 50%, na segunda posição.

Continuar lendo Alta velocidade motivou mais de 14 mil multas nos 3 primeiros meses de 2017 em São Luís