Campanha faz mobilização pela zona franca de São Luís

A mobilização popular pode garantir a criação de uma zona de livre comércio para exportação em São Luís. Um abaixo assinado virtual e a campanha de apoio #ZonadeExportaçãoJá foram lançados pelo senador Roberto Rocha, autor do Projeto de Lei 319/2015, que cria a zona franca de São Luís e deverá ser votado na próximas semanas no Senado. A proposta vem encontrando resistência por parte da bancada do Amazonas, onde está situada a zona franca de Manaus. “A zona de livre exportação de São Luís não concorre com a zona franca de Manaus em nada. A nossa proposta é aproveitar a localização privilegiada da ilha e a existência do porto para criar uma área de exportação, enquanto Manaus tem isenções para produzir para o comércio interno”, explica o senador. Roberto Rocha argumenta que a criação de uma zona franca para a exportação na ilha de São Luís tem o potencial de gerar milhares de empregos e promover o desenvolvimento econômico de toda a região, uma vez que levaria à criação de indústrias de beneficiamento de produtos. Atualmente, o porto do Itaqui é grande exportador de minério e soja in natura. Com a zona franca, a exportação passaria a ser não apenas de matéria prima, mas também manufaturada. Abaixo-assinado Para evitar que a polêmica levantada pela bancada da zona franca de Manaus coloque o projeto em risco, o senador Roberto Rocha deu início a uma campanha de apoio da população do Maranhão, que pode ser fundamental na aprovação do projeto. Veja todas as formas de participar na página do senador (www.robertorocha.com.br); ou assine o abaixo-assinado virtualhttps://goo.gl/EbL.Rnf

Continuar lendo Campanha faz mobilização pela zona franca de São Luís

Sujou, BBB! Globo poderá se retratar em relação a comentário de Angela sobre extermínio de soropositivos

Confinados há mais de dois meses, os brothers esquecem das câmeras e não tem noção do tamanho da repercussão que seus comentários podem ter fora da casa. Desta vez, Angela foi a autora de uma infeliz declaração a respeito dos portadores de HIV, que se revoltaram e fizeram um abaixo assinado pedindo a retratação da Rede Globo, além de sugerirem a expulsão da sister do programa. Numa conversa com os demais brothers, Cássio explicou uma teoria que aprendeu sabe-se lá onde: "Se o homem gastasse cerca de três vezes mais o que ele gasta com remédios para a aids, em 40 anos acabava a aids no mundo. Ninguém pegaria mais e as pessoas que já tem ficariam mais velhas, não duram mais de 40 anos muitas vezes, falecem e a aids acaba". Angela então soltou a pérola: "Vamos matar todo mundo", e continuou: "O que mais me dá raiva é saber que a aids surgiu do macaco e teve um idiota que foi transar com um macaco". O comentário da advogada causou um reboliço entre os soropositivos e militantes que lutam contra o preconceito que envolve a pandemia do HIV. "O mínimo que a Globo tem de fazer para reparar esse absurdo é expulsar essa participante do programa. É justamente por causa de pessoas assim que temos um trabalho enorme de conscientização e prevenção", afirmou Silvia Almeida, ativista do Movimento Nacional das Cidadãs PositHIVas, em entrevista à Revista Fórum. Uma petição pública foi lançada pelo Movimento Social de Aids/HIV à Roberto Irineu Marinho, Presidente das Organizações Globo, exigindo uma retratação imediata da emissora.

Continuar lendo Sujou, BBB! Globo poderá se retratar em relação a comentário de Angela sobre extermínio de soropositivos