Suspeito de disparar rojão afirma que não agiu sozinho: tatuador teria acendido o artefato
Estadão Conteúdo - Caio Silva, de 23 anos, Suspeito de soltar o rojão que matou o cinegrafista Santiago Andrade, da Rede Bandeirantes, chega ao Rio de Janeiro, depois de ser preso em Feira de Santana,

Suspeito de disparar rojão afirma que não agiu sozinho: tatuador teria acendido o artefato

Suspeito de disparar o rojão que matou o cinegrafista Santiago Andrade, da TV Bandeirantes, o jovem Caio Silva de Souza afirmou em depoimento que o responsável por ter acender o artefato foi o tatuador Fábio Raposo, conhecido como Fox.

De acordo com seu depoimento, divulgado pelo jornal Extra, Caio afirma que recebeu o rojão já aceso das mãos de Fábio. O tatuador ainda teria gritado “Solta, solta” no momento da entrega. O depoimento contradiz entrevista do própria Caio à TV Globo, na qual afirmou que teria acendido o rojão pensando se tratar de uma bombinha “cabeção de nego”.

Ainda em relação ao tatuador Fox, depoimentos obtidos pelo jornal Folha de S.Paulo afirmam que ele era adepto da tática “black bloc” de destruição dos patrimônios em protesto. Ainda de acordo com a reportagem, o tatuador é considerado “muito influente” dentro do grupo de black blocs do Rio de Janeiro.

Estadão Conteúdo – Caio Silva, de 23 anos, Suspeito de soltar o rojão que matou o cinegrafista Santiago Andrade, da Rede Bandeirantes, chega ao Rio de Janeiro, depois de ser preso em Feira de Santana,

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta