“Só” 9 mortos e 20  feridos  no motim de Pedrinhas, diz nota da Sejap

“Só” 9 mortos e 20 feridos no motim de Pedrinhas, diz nota da Sejap

Em nota divulgada há poucos instantes, Secretaria de Estado de Justiça e Administração Penitenciária (Sejap) afirma que o saldo da rebelião de ontem à noite  e que entrou pela madrugada de hoje (10) foi de “apenas” 9 mortos e 20 feridos, ao contrário dos 13 mortos anunciados anteriormente.

Informa que Polícia Civil e a Ouvidoria e Corregedoria da Sejap estão investigando o motim  na noite desta quarta-feira (9), na Casa de Detenção (Cadet), no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís.

De acordo com as primeiras informações levantadas – diz a nota, “a confusão teria se dado em consequência da guerra de facções no presídio e do desmonte do bando conhecido como Bonde dos 40, um dos maiores do estado, com a prisão de 16 integrantes nesta semana em ação da polícia em São Luís.”

A nota informa, ainda, que continuará acompanhando o caso, para adoção de outras providências cabíveis.

Até agora, a Secretaria de Segurança não fez o seu balanço sobre a destruição dos ônibus, incendiados à madrugada e manhã desta quarta-feira.

Mas foi anunciada uma reunião da cúpula do Sistema Estadual de Segurança Pública para a análise da situação de violência por que passa  São Luís e a proposição de um elenco de providências.

A Segup deve divulgar, também, as ações desenadeadas para prender os autores do assassinato, a tiros,  do líder comuniário Cabo Silva, ocorrido terça-feira (08), na região do Cohatrac. Até ontem, dois suspeitos já haviam sido presos, e teriam revelado o nome do mandante do crime.

A NOTA DA SEJAP

A Secretaria de Estado de Justiça e Administração Penitenciária (Sejap) informa que Polícia Civil e a Ouvidoria e Corregedoria da Sejap estão investigando o motim que deixou 9 detentos mortos e 20 feridos, na noite desta quarta-feira (9), na Casa de Detenção (Cadet), no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís.

De acordo com as primeiras informações levantadas, a confusão teria se dado em consequência da guerra de facções no presídio e do desmonte do bando conhecido como Bonde dos 40, um dos maiores do estado, com a prisão de 16 integrantes nesta semana em ação da polícia em São Luís.

A Secretaria de Direitos Humanos, Assistência Social e Cidadania (Sedihc) está acompanhando o caso.

 

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta