“Simpósio de educação sexual transforma Universidade de Maringá em puteiro”

“Simpósio de educação sexual transforma Universidade de Maringá em puteiro”

 

Seminário passa da teoria à prática do sexo. E isso chocou muita gente, especialmente os puritanos.

blog do Eder Borges

“Dia desses o filósofo Olavo de Carvalho disse em rede nacional para o programa do Danilo Gentili no SBT que as universidades brasileiras transformaram-se em puteiro. Na verdade, é pior do que isso. Um prostíbulo é o lugar que existe justamente para a prática da “sacanagem” e as pessoas que o frequentam são adultas e livres e lá vão para seus momentos de lazer. Já a universidade, existe para se adquirir conhecimento, para formar intelectuais, acadêmicos, profissionais e pessoas honradas que deveriam estar à frente em nossa sociedade. Todavia, está sendo utilizada para formar uma horda de tarados, degenerados morais escravos dos instintos mais animalescos do ser humano incapazes de pensar e de fazer algo útil por nossa civilização.
“Importante firmar que quem promove esse tipo de degradação é a extrema esquerda, ligada a partidos como PSOL (principalmente), PT, PCB e PCdoB. Essas imagens são do Simpósio de Educação Sexual que ocorreu na UEM – Universidade Estadual de Maringá. Fique atento com a educação que seus filhos vêm recebendo na escola, para que amanhã você não tenha o desgosto de vê-los em fotos como essas.”
E assim caminha a humanidade…
Euem4uem3uem1

 

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta