Simplício Araújo defende intervenção federal no Maranhão
Simplício Araújo: diante do caos, a intervenção federal.

Simplício Araújo defende intervenção federal no Maranhão

Assaltos, ônibus incendiados, sequestros e estupros. É nesse cenário que a população maranhense está vivendo. Nessa quarta-feira (9), São Luís passou por mais uma noite de terror. Segundo dados oficiais do governo do estado, foram 9 detentos mortos no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, e 20 feridos após a descoberta de um plano de fuga, que gerou uma grande rebelião. Além disso, sete ônibus foram incendiados em vários bairros da cidade.

O deputado Simplício Araújo (SDD/MA) considerou grave a situação e responsabilizou o governo do Maranhão por mais esse caos no estado. O parlamentar defende uma intervenção federal urgente no Maranhão. “Essa situação já era prevista. O go

Simplício Araújo: diante do caos, a intervenção federal.

verno Roseana foi o maior fracasso administrativo para o Maranhão. Nenhuma política pública séria foi implantada pelo grupo Sarney em mais de 40 anos de comando. É um governo que não tem compromisso com o nosso povo”, disse o parlamentar, que criticou duramente a falta de medidas por parte do governo.

Na visão do deputado, o governo perdeu o controle da situação. Esse é apenas mais um caso, entre tantos outros, o que vai deixando a população cada vez mais insegura. “Enquanto isso, o secretário de segurança, Aluísio Mendes, na hora do caos, estava no interior fazendo campanha. E a governadora até o momento não soltou nenhuma nota sobre o assunto.”

Por fim, Simplício cobrou providências urgentes para que a população se sinta mais protegida. “Já passou da hora de adotarem ações efetivas para combater essa criminalidade. Em qualquer lugar do Brasil, secretários como esse já teria sido demitido há muito tempo. Começo a crer que isso não é um secretariado, mas uma mistura de guardadores de segredo.”

Só no último mês foram registrados 651 homicídios em toda a região metropolitana. Em abril deste ano, foi registrado o maior número de homicídios/mês desde 2009 até hoje. (“Marrapá”)

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta