Show milionário de Wesley Safadão vai lotar Miranda do Norte, nesta quarta

Show milionário de Wesley Safadão vai lotar Miranda do Norte, nesta quarta

O prefeito festeiro Júnior Lourenço

O mosquito Aedes Aegypt, transmissor da dengue, shicungunia e zica vírus, só observa a festança…

O município comemora sua emancipação política, ocorrida há 28 anos, e não economiza na festa

Miranda do Norte completa 28 anos de idade, nesta quarta-feira, 16. Prá comemorar o evento, o prefeito do município, Júnior Lourenço não economizou: contratou por R$ 1,5 milhão o show  do atual xodó da Rede Globo, Wesley Safadão e sua banda.

Se você parar no município e pedir a opinião da população sobre esse fato, vê que ela está dividida. Uns, loucos pra balançar a pança com o Safadão,  não se importam se a cidade está cheia de lixo, dengue e zica, e dizem que o prefeito está certo. Outros, porém, mais conscientes, condenam o desperdício da dinheirama e acham que Lourenço deveria empregar na compra de remédios e na limpeza das ruas, pelo menos.

Lá se comenta, ainda, que Wesley Safadão teria feito de tudo para devolver o dinheiro do show, alegando compromissos internacionais, mas o prefeito seria firme: “A cidade só aceita se for o Safadão…”. O artista teria até oferecido três bandas famosas em troca do seu show, mas, como já havia assinado o contrato e recebido adiantado, ficou difícil desmanchar o negócio, diante da firmeza do alcaide.

Os adversários políticos de Júnior de Lourenço não têm dúvida: o mega-show seria para apresentar Júnior Negão, candidato a sucedê-lo no cargo, à multidão que tomará de conta da cidade de Miranda do Norte nesta quarta-feira.

Além dos mirandenses, o show é esperado por simpatizantes da banda  vindos de todo o Maranhão, e até de estados vizinhos… Vai ser um deus-nos-acuda na cidade.

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Este post tem um comentário

Deixe uma resposta