Shoppings do Jaracati são vistoriados pela Operação “Cidade Segura”
Operação conjunta verifica se os shoppings são seguros

Shoppings do Jaracati são vistoriados pela Operação “Cidade Segura”

Operação conjunta verifica se os shoppings são seguros

A equipe da “Cidade Segura” chegando a shopping do Jaracati

A Operação Cidade Segura foi realizada nesta quarta-feira (11) em dois shoppings centers do bairro Jaracati com o objetivo de verificar estrutura física do prédio e os recursos de segurança das lojas, depósitos e espaços em reforma. A operação é desenvolvida conjuntamente entre a Secretaria Municipal de Urbanismo e Habitação (Semurh), Corpo de Bombeiros, Promotoria de Defesa do Consumidor, Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Maranhão (Crea-MA) e Procon.

“A Blitz Urbana [órgão vinculado à Semurh] veio acompanhar o respeito à legislação urbana através do Código de Postura e do Código de Obas. Foi visto também os alvarás de funcionamento. Esta ação conjunta com outros órgãos de fiscalização é importante e segue a política determinada pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior”, comentou o superintendente de Postura da Semurh, Márcio Aragão.

Durante a vistoria ao primeiro shopping foram feitas apenas notificações à gerência do empreendimento em virtude dos problemas detectados não comprometerem gravemente as condições de segurança. Foi solicitada a correção de dispositivos da central de alarme e mangueira de combate a incêndios de uma das lojas e em outro recinto o depósito de mercadorias estava superlotado dificultando o uso dos equipamentos em caso de uma possível situação de emergência.

O segundo empreendimento visitado recebeu notificações para corrigir problemas na automação da bomba do sistema de combate a incêndio, isolamento inadequado da central de gás e a ausência de corrimão em uma das escadas do local. Também foi emitida advertência para que uma franquia de brinquedos quanto à manutenção dos aparelhos.

Todos os responsáveis notificados têm um prazo de 10 dias para realizarem as adequações. Em caso de descumprimento, estes poderão ter que pagar multa de R$ 118,00 a R$ 1.180,00 reais. O comandante do Grupamento de Atividades Técnicas do Corpo de Bombeiros (GAT), tenente-coronel Júlio César, ressaltou que entre os focos da operação estavam as instalações elétricas, recursos em caso de incêndio e outras circunstâncias de pânico e preparo dos profissionais para atuarem nestas situações.

“Nosso objetivo principal foi verificar as condições de segurança do estabelecimento, inclusive em função desse período natalino, onde aumenta bastante a demanda de material e de público, principalmente a mudança do layout desses locais”, afirmou o comandante do GAT. Os trabalhos foram realizados com embasamento na Lei 6.546, o Código de Segurança Contra Incêndio e Pânico do Estado do Maranhão.

Representando o Crea-MA, compareceu o presidente do órgão, Alcindo Araújo Nascimento Filho, acompanhado de equipe técnica, cuja atribuição foi constatar se as lojas estão adimplentes com o Programa de Prevenção de Riscos Ambientais e analisar a estrutura física dos prédios, manutenção de ar condicionados, etiquetas nos quadros de energia, entre outros itens.

Já o Procon averiguou o cumprimento das normas do Código de Defesa do Consumidor. A equipe comandada pelo gerente do órgão vistoriou itens como a afixação ou ausência de preços junto às mercadorias, compatibilidade entre preços nas prateleiras e valores reais dos produtos e emissão de notas fiscais.

Durante esta semana, estão previstas mais duas etapas da operação Cidade Segura que retornará a inspeção a bares e casas de shows em São Luís. Em relação aos shoppings centers, outras ações serão realizadas e até o final deste ano todos serão fiscalizados de acordo com o Corpo de Bombeiros.

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta