Neto Hadad pode vir a  revelar todas as razões por que deixara a Prefeitura de Santa Inês
Neto Hadad: "Se chutar é penalty."..

Neto Hadad pode vir a revelar todas as razões por que deixara a Prefeitura de Santa Inês

TÔ NA ÁREA, SE DERRUBAR É PENALTY…
Ex-homem forte do governo Ribamar Alves, Neto Haddad volta a cena política fazendo revelações, desabafos, e mandando recado direto para aquele que ele chama de “o amigo de uma vida inteira”.
O jornalista Neto Haddad foi um dos responsáveis pela eleição de Ribamar Alves, participou ativamente da composição do governo e sempre atuou no sentido de pacificar as dissidências e corrigir as falhas da administração. Mas chegou um momento que ele percebeu que seria em vão continuar ali… No Facebook, ele desabafa como um artigo de jornalista, que é a sua profissão:  “Tô na área, se chutar é penalty…”, diz o título do seu desabafo:
O Brasil só começa depois do carnaval. Em março vai fazer um ano que me desliguei da Prefeitura de Santa Inês.
Minha frustração era um pouco mais antiga. Poderia ter me desligado antes e me poupado de constrangimentos desnecessários.
Neto Hadad: “Se chutar é penalty.”..
Trabalhei a vida inteira. Quem me conhece sabe disso. Nunca precisei de emprego público para pagar as prestações no final do mês. GRAÇAS A DEUS!
Fazer parte da administração era um sonho que acalentei por mais de 20 anos. Calcule você o tamanho da minha frustração. Medi os outros com a minha própria régua. Percebi que era hora de sair quando o amigo de uma vida inteira fingiu acreditar que eu alimentava o personagem Ribamar da Silva.
Recado direto para que eu arrumasse a mala e caísse fora antes que fosse necessário tomar Rivotril. Um ano depois me sinto livre para falar da administração. Multipliquei minha quarentena por dois. As pessoas éticas que deixam um cargo de confiança se obrigam a um silêncio de seis meses. Preferi ficar calado por um ano.
A partir de agora me sinto a vontade de agir da mesma forma que agi com antigos adversários políticos. Sempre resguardando que ninguém nunca vai me ver falar sobre baixaria ou sobre a vida pessoal de quem quer que seja. Até breve.

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta