Sai de cena o jornalista e militante  político Aldionor Salgado
Sai de cena um sêr humano da melhor estirp:, Aldionor Salgado, jornalista e militante político.

Sai de cena o jornalista e militante político Aldionor Salgado

Faleceu esta manhã (28), no Hospital Universitário Presidente Dutra, o  jornalista Aldionor Salgado. Há quase um mês, ele se internou para tratar de um câncer no pâncreas, mas a doença o venceu antes que alcançasse a cura.
Poucos são os profissionais da terra que tem o curriculum de Aldionor Salgado, que trabalhou em quase todos os veículos de comunicação de São Luís e exerceu diversos cargos e encargos públicos. Militante político, elegeu-se na década de 80 vereador de São Luís, onde se destacou na abordagem de temas importantes e na defesa da solução dos muitos problemas estruturais da capital.
Mais do que um  profissional, ético e capaz,  era um grande amigo de todas as horas. Sempre respeitou os colegas de profissão para os quais tinha sempre uma palavra de conforto e de incentivo. Era uma convivência afável, já que  tinha uma verve apurada e sempre  tornava  alegre o ambiente em que ocupava. Conhecia mais do que ninguém o mundo político e social da capital e de todo o Maranhão, prato cheio para os causos de ocasião. 
Semana passada, Aldionor – como sempre, chamando-me de “Machadovsky” – ligou-me do leito do hospital para que eu atendesse a jovem  filha Mariana, que também enveredou pelos caminhos do jornalismo, para uma entrevista sobre pesquisas de opinião pública. Prometi-lhe uma visita, acreditando que a sua enfermidade fosse passageira. Daí o susto que me causou a notícia de sua morte.
Aldionor Salgado ainda tinha muito a contribuir como profissional de comunicação, pai, marido e amigo. Mas a morte o alcançou em pleo vôo.
Que Deus o faça trilhar o caminho dos homens de bem, na sua nova e eterna missão. E, ao mesmo tempo, dê o conforto necessário para  amenizar a dor da  família enlutada.
Há pouco, a Prefeitura de São Luís emitiu nota de pesar sobre o falecimento de Aldionor Salgado, que vai transcrita abaixo.
NOTA DE PESAR
Sai de cena um sêr humano da melhor estirp:, Aldionor Salgado, jornalista e militante político.
A Prefeitura de São Luís manifesta profundo pesar pelo falecimento do jornalista Aldionor Salgado, ocorrido na manhã deste domingo (28), no Hospital Universitário Presidente Dutra, onde estava internado.
Aldionor Salgado formou-se em jornalismo na Universidade Federal do Maranhão (UFMA) foi vereador de São Luís na década de 80 e militante social pelo PDT.
Ex-secretário de Comunicação de São Luís, atuou com responsabilidade e eficiência no comando da pasta. Marcou sua passagem por veículos da imprensa local com reconhecido talento e profissionalismo. Também foi assessor especial do ex-governador Jackson Lago, assessor de imprensa da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) e atualmente prestava assessoria especial à UFMA.
O prefeito Edivaldo e os servidores da Prefeitura de São Luís solidarizam-se com a família e os amigos reforçando os votos de fé e esperança de que Deus conforte-os neste momento de dor.

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Este post tem um comentário

  1. FIQUEI TRISTE COM A MORTE DE ALDIONOR….. GRANDE AMIGO E PROFISSIONAL COMPETENTE. SAUDADES ETERNAS. QUE DEUS O ACOLHA EM BOM LUGAR.

Deixe uma resposta