Revolta! Programa do PT na TV gera novo ‘panelaço’ por todo o Brasil

“Só queremos lembrar que fomos o partido que mais encheu a panela dos brasileiros”, disse o partido
Programa do PT na TV gera novo 'panelaço' por todo o Brasil Programa do PT na TV gera novo 'panelaço' por todo o Brasil Programa do PT na TV gera novo 'panelaço' por todo o Brasil

O PT exibiu um programa em rede nacional de rádio e TV na na noite desta quinta-feira (6). Como aconteceu anteriormente, no momento da exibição aconteceu uma nova onda de “panelaços” por todo o Brasil.

Segundo reportagem do UOL, internautas de São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Bahia, Alagoas, Paraíba, Pernambuco, Minas Gerais e Espírito Santo postaram nas redes sociais vídeos dos protestos.

O programa foi ao ar quatro dias depois da prisão do ex-ministro José Dirceu e trouxe mensagens de Dilma, Lula e do presidente do PT, Rui Falcão. E, já antecipando a reação da população, o partido resolveu falar sobre os ‘panelaços’ e, também, manifestações contra o governo. O PT se diz disposto a “ouvir, corrigir, melhorar”.

A menção aos ‘panelaços’ aparece no trecho final. “Nos últimos tempos, começaram a dar uma nova utilidade às panelas. A gente não tem nada contra isso. Só queremos lembrar que fomos o partido que mais encheu a panela dos brasileiros. Se tem gente que se encheu de nós, paciência. Estamos dispostos a ouvir, corrigir, melhorar. Mas com as panelas, vamos continuar fazendo o que a gente mais sabe: enchê-las de comida. Esse é o panelaço que gostamos de fazer”.

O programa do PT gerou revolta de lideranças políticas e sociais de norte a sul do país. Aécio Neves (PSDB) divulgou um indignado manifesto.

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta