Pugilista luta vestindo calção com as cores do movimento gay
Vazou pela internet o vestuário LGBT de Orlando Cruz

Pugilista luta vestindo calção com as cores do movimento gay

O porto-riquenho Orlando Cruz sobe aos ringues, hoje (12),  para disputar o cinturão dos pesos-pena contra o mexicano, Orlando Salido, pela Organização Mundial de Boxe (OMB). Cruz, que assumiu publicamente ser homossexual, usará uma roupa em homenagem ao movimento LGBT. O lutador estará com um calção e um roupão de entrada com as cores do arco-íris, que é o símbolo do movimento.

Orlando Cruz não esconde o orgulho de representar os gays. O pugilista afirmou que dedicará sua luta ao povo de Porto Rico e ao movimento LGBT.

“Quero dedicar minha luta ao (movimento) LGBT e a todo Porto Rico, porque eles terão um novo campeão”, revelou Cruz.

No entanto, muitos fãs do lutador não gostaram de saber que ele usará uma roupa que representa o movimento LGBT. Para alguns, o pugilista deveria subir aos ringues com calções e roupão que representassem as cores de seu país. Orlando se manifestou afirmando que não teve intenção de desrespeitar Porto Rico.

“Eu respeito a bandeira de Porto Rico. Não há más intenções envolvidas nisso. Eu sempre irei representar com orgulho meu país e meus fãs. Por favor, aceitem minhas desculpas se eu lhes ofendi. Não quis criar nenhuma controvérsia”, disse o lutador.

Cruz contou ainda que não sabe como essas fotos vazaram na internet.

“Não tenho ideia de quem possa ter publicado a foto. Talvez esta pessoa viu que a roupa é muito brilhante e publicou no Facebook. Eu estou calmo, focado na luta. Quero que Porto Rico saiba que eu vou carregar com orgulho a bandeira no meu peito”, afirmou o pugilista.

Orlando Cruz assume homossexualidade e luta com as cores gays

Vazou pela internet o vestuário LGBT de Orlando Cruz

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta