PSDB processa Lobão Filho (PMDB) por acusações a Aécio Neves em discurso
Lobão Filho: acusações sem provas rendem processo do PSDB nacional

PSDB processa Lobão Filho (PMDB) por acusações a Aécio Neves em discurso

Em discurso, Lobão Filho acusa o senador de ser contra o programa Bolsa Família  (Veja Vídeo com as declarações)

Brasília  – O PSDB protocolou nesta segunda-feira (19) representação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra o senador Edison Lobão Filho (PMDB-MA), pré-candidato ao governo do Maranhão, por “propaganda antecipada negativa” durante um evento de pré-campanha no estado. Se confirmada, a infração pode ser punida com multa de até R$ 25 mil.

O discurso de Lobão Filho foi registrada no dia 3 de maio em vídeo gravado por um aliado de Aécio no Maranhão, durante discurso em ato político na cidade de Barra do Corda (MA).

Nele,  o senador diz que está “preocupado” porque Aécio teria declarado na véspera que era contra o Bolsa Família. Depois o peemedebista pergunta à população: “Quem de vocês aqui gosta do Bolsa Família levanta a mão?”.

Lobão Filho: acusações sem provas rendem processo do PSDB nacional

Ao perceber que a grande maioria dos presentes defende o programa, o senador dispara: “Isso me preocupa, porque nossos adversários estão unidos ao Aécio Neves e ele já disse em todas as emissoras e jornais que é contra o Bolsa Família e contra o aumento que a presidente Dilma havia dado ao Bolsa Família”, afirmou Lobão Filho.

O ato político ocorreu dois dias depois de Dilma anunciar, em cadeia nacional de rádio e TV, a ampliação do benefício pago pelo programa. No Maranhão, cerca de metade da população do Estado recebe o Bolsa Família.

Coordenador jurídico da campanha de Aécio, o deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP) convocou a imprensa nesta tarde para apresentar o vídeo. O ato político foi organizado pelo PMDB local para recepcionar Lobão Filho, que é filho do ministro Edson Lobão (Minas e Energia).

Sampaio disse que o senador cometeu crime de propaganda eleitoral antecipada negativa, sujeito a multa de R$ 25 mil pela Justiça Eleitoral. O PSDB também estuda processar Lobão Filho pelo crime de injúria pelas ofensas feitas a Aécio.

“É uma prova inequívoca da postura nefasta que vem sendo adotada pelo PT em suas propagandas eleitorais, incutindo o medo baseado na mentira. E essa mentira em sendo propalada pelos nossos adversários políticos. É um senador mentindo deslavadamente sobre a postura do adversário da presidente Dilma, o senador Aécio Neves”, afirmou Sampaio.

Segundo o deputado, o PT decidiu adotar na campanha de Dilma à reeleição a estratégia do “medo” para tentar convencer a população mais carente de que Aécio vai desfazer programas implementados pela gestão petista – a exemplo do programa do partido veiculado semana passada na TV.

“O Lobão está tão somente reproduzindo orientação majoritária da presidente Dilma de incutir o medo e entrar na política do terrorismo. Quando um governo não tem nada de bom para falar de si mesmo, ele parte para a tática de falar mal dos outros.”

O tucano disse que a estratégia do “medo” adotada pelo PT não é a mesma que o PSDB utilizou nas eleições de 2002 contra o então candidato Luiz Inácio Lula da Silva. Na época, os tucanos divulgaram inserções no rádio e na TV com a atriz Regina Duarte em que ela dizia ter “medo” de mudanças que seriam provocados no país com a eleição de Lula.

“Quando o PSDB usou de incutir o medo, naquele momento que o presidente Lula ia assumir, todos tinham receio do novo. O PSDB nunca usou a tática do medo pautado na mentira. O PSDB externou o seu receio, o seu medo com relação à postura do presidente Lula. Não tem nada a ver com a realidade de agora.”
PROGRAMA DE ESTADO

Sampaio disse que, por orientação do Palácio do Planalto, o Senado não aprova projeto de Aécio que transforma o Bolsa Família em programa de Estado – o que impediria que o programa seja encerrado independentemente de quem for eleito em outubro.

Segundo o deputado, a base de apoio de Dilma no Congresso não quer a aprovação do projeto para manter o discurso do “medo” de que o pré-candidato tucano vai acabar com o benefício recebido por milhares de brasileiros.

“Não querem aprovar para não tirar o discurso da mentira. É interessante continuar mentindo em todos os rincões do Brasil. O Aécio já disse que é favorável [ao programa] e tem seus mecanismos de aperfeiçoamento.”
OUTRO LADO

Lobão Filho confirmou à reportagem que, em seu discurso no Maranhão, disse que Aécio é contra o Bolsa Família. O senador disse que, como parlamentar, tem direito de expressar sua opinião política em qualquer espaço público, além do Senado.

“Conceitualmente, o PSDB pode até aceitar a tese dos programas sociais do PT, mas o PSDB não vai absorver esses programas sociais se o Aécio for eleito. Eles ficaram carimbados com a marca do PT”, afirmou.

Lobão Filho prometeu repetir, no Senado, discurso semelhante contra Aécio. O senador afirmou que não teme punições da Justiça Eleitoral porque não fez ataques pessoais ao pré-candidato do PSDB. “Isso não é campanha antecipada. Tenho o direito de me expressar. Não posso pedir votos para mim, mas posso defender o que penso”, afirmou.

O senador atribui o vídeo ao ex-presidente da Embratur Flávio Dino, que também é pré-candidato ao governo do Maranhão e deve se coligar ao PSDB no Estado para apoiar Aécio.

“Meu adversário é juiz federal, mas não tenho a menor preocupação em judicializar. Vou continuar falando tudo o que eu falo, falando o que eu acredito, ninguém vai me patrulhar.”

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Este post tem 4 comentários

  1. calango aceso

    É o que dá falar sem saber das coisas. E isso é porque a campanha ainda nem começou e esse senhor já principia a aprontar no cenário político brasileiro…

    1. José Machado

      Não custa lembrar que o Bolsa Família foi criação do PSDB, com FHC no poder. Só que sem a feição eminentemente eleitoreira do PT de Lula e Dilma. Reconhece-se que A fome no Brasil tem que ser banida. É só encontrar uma forma positiva/produtivs de distribuição de renda, do tipo dê o peixe, mas ensine a pescar…

  2. Honorato

    Depois de oferecere 20 mil por denúncias contra Flávio Dino, o candidato casca grossa agora difama Aécio; pegou em fio pelado…

  3. Luma Maranhão

    Seria hilário, se ñ fosse trágico. Políticos q sempre foram contra o bolsa família,agora “querendo” se mostrar favoráveis. Aécio Neves, por exemplo.

Deixe uma resposta