PSB do senador Roberto Rocha decide apoiar integralmente investigações da Lava-Jato
Senador maranhense Roberto Rocha em reunião da bancada do PSB

PSB do senador Roberto Rocha decide apoiar integralmente investigações da Lava-Jato

O senador Roberto Rocha (PSB/MA) firmou posição, juntamente com os demais cinco senadores do PSB, em defesa das investigações conduzidas pelo juiz Sergio Moro, no âmbito da operação Lava-Jato.

Para o senador Roberto Rocha, “o caminho da Justiça e da verdade não pode ser obstruído. O Brasil que queremos construir não pode contemporizar com atos de corrupção”.

Para a bancada do PSB, é “inaceitável qualquer interferência com o objetivo de dificultar ou obstruir a ação da Justiça nas investigações das denúncias de corrupção na Petrobras”. Por conta disso o partido, reunido nesta terça-feira, decidiu apresentar um decreto legislativo sustando a Instrução Normativa do TCU, no 74, de 11 de fevereiro de 2015 – que determina que os chamados acordos de leniência terão de passar pelo crivo do Tribunal de Contas da União -, por considerar que o órgão “exorbitou de seus poderes constitucionais de órgão fiscalizador e auxiliar do Poder Legislativo e se transformou num órgão legislador, o que flagrantemente contraria a norma constitucional”.

O PSB apresentou ainda um requerimento de informações ao presidente do TCU, ministro Aroldo Cedraz, para que esclareça os moti

Senador maranhense Roberto Rocha em reunião da bancada do PSB

vos da Instrução, além da convocação do presidente do TCU e do ministro-chefe da Advocacia-Geral da União, Luis Inácio Adams, para que prestem esclarecimentos em Audiência Pública no Senado Federal.

Em relação à CPI da Petrobras o PSB entende que a posição do partido deve ser tomada após a apresentação formal da denúncia do Procurador Geral da República, Rodrigo Janot, definindo os políticos citados nas investigações da Operação Lava Jato.

Além do senador Roberto Rocha , participaram da reunião os senadores João Capiberibe (AP), Antonio Carlos Valadares (SE), Fernando Bezerra Coelho (PE), Lídice da Mata (BA) e Romário (RJ).

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Este post tem um comentário

  1. marcos antonio soares

    Parabens pela materia e continue a nos representar nesta campanha pela moralidade e etica nos negocios do Povo Brasileiro, ora representados pela Petrobras, mas, o que todos sabemos, grassa toda economia nacional. Parabens ao PSB e em especial ao Romario a quem devo desculpas pela avaliação preconceituosa decorrente do fato ter sido mais um jogador de futebol, porem um dos poucos com
    estofo moral valioso o suficiente para representar o povo no nosso congresso.

Deixe uma resposta