Prefeitura anuncia fortalecimento do diálogo com as escolas comunitárias, mas não fala de grana
A reunião que anuncia fortalecimento do diálogo com as escolas comunitáris

Prefeitura anuncia fortalecimento do diálogo com as escolas comunitárias, mas não fala de grana

Uma comissão interinstitucional será criada para acompanhar o trabalho desenvolvido pelas escolas comunitárias conveniadas com a Prefeitura de São Luís e o Governo Federal. O acordo foi feito em reunião realizada na Casa dos Conselhos Municipais de São Luís e contou com a presença do secretário municipal de Educação, Geraldo Castro, e da promotora de Justiça especializada na área de Educação, Maria Luciane Belo.

Na reunião foi decidido ainda que a comissão visitará as escolas a partir de março, tendo por base um cronograma que será elaborado de forma conjunta. “Nosso objetivo maior é o de prestar às crianças de São Luís um serviço de qualidade na área de Educação, para que elas tenham condições de pleno desenvolvimento. As escolas comunitárias estão incluídas nesse processo e, por isso, o trabalho da comissão será de grande valia para que possamos oferecer uma Educação cada vez mais cidadã aos nossos estudantes”, destacou Geraldo Castro.

A promotora de justiça especializada na área de Educação, Maria Luciane Belo, também afirmou que a criação da comissão e a realização de visitas agendadas corroboram para que os educandos tenham condições adequadas de ensino e aprendizagem. “Queremos que as crianças tenham acesso à Educação de qualidade e que estejam bem protegidas e assistidas nas escolas. São esses os objetivos maiores do trabalho a ser realizado pela comissão”, destacou.

Na reunião que aconteceu na manhã desta quarta-feira (12), também estiveram presentes a secretária adjunta de Ensino da Secretaria Municipal de Educação (Semed), Áurea Prazeres; o superintendente de Convênios e Projetos da Semed, Silvino Gonçalves Ferreira; a presidente do Fórum das Escolas Comunitárias e Filantrópicas de São Luís, Neuza Ribeiro; a presidente da Federação das Uniões de Moradores de Bairros e Entidades Similares do Maranhão (Funbesma), Aldecir Ribeiro; a coordenadora da Vigilância Sanitária, Yara Berto; e representantes do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão.

Agora, as escolas comunitárias querem marca uma nova reunião com o secretário Geraldo Castro para a definição de data da transferência dos recursos do Ministério da Educação para o caixa das escolas. Muitas delas, mesmo regularizadas, não têm o repasse, de responsabilidade da Semed, desde agosto do ano passado.

A reunião que anuncia fortalecimento do diálogo com as escolas comunitáris

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta