Por doping, Anderson Silva tem R$ 16 milhões bloqueados pelo UFC, diz revista
Doping na luta com Diaz pode sair caro para Anderson Silva

Por doping, Anderson Silva tem R$ 16 milhões bloqueados pelo UFC, diz revista

Doping na luta com Diaz pode sair caro para Anderson Silva

Ex-campeão dos médios receberia 6 milhões de dólares após a luta contra Diaz, mas valor foi bloqueado até que aconteça o julgamento do caso, previsto para o dia 17 de fevereiro

A revelação do doping de Anderson Silva não manchou apenas a imagem do brasileiro perante fãs do MMA ao redor do mundo. O bolso do ex-campeão dos médios também está sendo prejudicado.

Segundo o jornalista Lauro Jardim, da revista Veja, Anderson Silva teve os 6 milhões de dólares, cerca de R$ 16,2 milhões, que receberia após a luta contra o americano Nick Diaz bloqueados pelo Ultimate.

De acordo com a publicação, a bolsa seguirá congelada até que aconteça o julgamento sobre o caso, previsto para o dia 17 de fevereiro. Logo depois de sua vitória diante Diaz, foi anunciado que o brasileiro receberia uma bolsa de 800 mil, aproximadamento R$ 2,1 milhões, mas os valores não incluem as cifras extras pagas pelo UFC e sua participação nas vendas de pay-per-view.

Anderson foi flagrado em teste surpresa realizado no dia 9 de janeiro, quase um mês antes de sua contra Nick Diaz. O exame mostrou a presença das substâncias Drostanolona e Androsterona. O resultado da sua luta diante do americano deve ser modificado para no-contest (sem resultado) e o brasileiro pode pegar uma suspensão de nove meses até um ano dos octógonos.

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta