Polícia prende advogada que induz adolescente a assumir homicídio
Advogada queria fazer do menor o autor de homicídio que ele não praticou

Polícia prende advogada que induz adolescente a assumir homicídio

A   advogada queria tornar oficial o que a bandidagem já adota na prática: colocar menores de idade para assumir crimes cometidos por adultos para se livrar da  pena e do presídio

A advogada Sileda Lopes Araújo Bezerra foi autuada em flagrante no início da tarde desta terça-feira (19), em São Luís. Segundo a polícia, Sileda teria convencido um adolescente de 17 anos a assumir a autoria do assassinato de Benedito Quintino dos Santos Neto, conhecido como “Neto do Coroadinho”, morto na última quinta-feira (14) na região do Barreto, em São Luís.

O adolescente se apresentou no início da tarde na Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente (DPCA) no Centro de São Luís. Segundo o delegado Marco Antônio Fonseca o adolescente chegou a confessar a autoria do assassinato, mas, ao ser questionado sobre quem o orientou a se entregar, o jovem negou a autoria do crime e confessou que teria sido orientado pela advogada. (Com informações da Rádio Mirante)

Advogada queria fazer do menor o autor de homicídio que ele não praticou

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta