Polícia detém seis suspeitos de ataque a ônibus que matou criança

Polícia detém seis suspeitos de ataque a ônibus que matou criança

Seis pessoas foram presas na Vila Sarney Filho, nesta segunda-feira (6).
Nesta manhã, criança de 6 anos vítima de ataque morreu em hospital.

(Veja vídeo)

Com informações do G1

Mais seis envolvidos no ataque ao ônibus que matou uma criança de seis anos no Maranhão foram detidos nesta segunda-feira (6). O ataque ocorreu na sexta-feira (3). De acordo com informações do coronel Aldimar Zanoni Porto, comandante-geral da Polícia Militar do Maranhão, o grupo é suspeito de atear fogo a um ônibus na Vila Sarney Filho, município de São José de Ribamar. Os suspeitos foram detidos no mesmo local onde o coletivo foi incendiado.

O ataque deixou cinco feridos; entre eles, duas crianças. Na manhã desta segunda-feira, a menina Ana Clara Santos Sousa, de 6 anos, morreu no Hospital Juvêncio Matos, após ter 95% do corpo queimado. O coronel Zanoni não informou quando os suspeitos serão apresentados. A polícia também não soube informar se existem menores de idade entre os detidos, pois os seis homens estavam sem documentos.

A onda de ataques, que deixou mais quatro pessoas feridas, começou depois de uma operação realizada pela Tropa de Choque da Polícia Militar no Complexo de Pedrinhas, em São Luís, com o objetivo de diminuir as mortes nas unidades prisionais do estado. Na quinta-feira (2), dois presos foram encontrados mortos em Pedrinhas. Só em 2013, de acordo com o relatório do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) entregue no dia 27 de dezembro, 60 detentos morreram em presídios do Maranhão.

Nos ataques de sexta-feira (3), quatro ônibus foram incendiados na Vila Sarney Filho, em São José de Ribamar; na Avenida Kennedy, no João Paulo e na Avenida Ferreira Gullar, em São Luís. Além disso, duas delegacias (no São Francisco e na Liberdade) foram alvo de tiros na capital.

Em entrevista coletiva realizada na manhã de domingo (5), no auditório da Secretaria de Segurança Pública (SSP) do Maranhão, a cúpula da Segurança do estado apresentou dez suspeitos de participarem dos ataques a quatro ônibus e à 9ª Delegacia de Polícia ocorridos na última sexta, em são Luís.

os seis bandidos presos hoje pela polícia envolvidos nos incêndios a ônibus e ataques a delegaciaas

No total, 15 pessoas já foram presas e dois adolescentes foram apreendidos.

 

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta