Piada nacional: Zé Dirceu quer cumprir sua pena num hotel de Brasília
A ficha de Zé Dirceu, parece, ainda não caiu...

Piada nacional: Zé Dirceu quer cumprir sua pena num hotel de Brasília

O advogado do chefe dos mensaleiros do PT já formalizou o pedido ao STF para Dirceu trabalhar no Hotel Saint Peter, no DF

Com informações do G1

A ficha de Zé Dirceu, parece, ainda não caiu…

Por essa a classe política nem os brasileiros de um modo geral esperavam: o advogado do ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, José Luís de Oliveira Lima, informou que pediu nesta segunda-feira (25) ao Supremo Tribunal Federal (STF) autorização para que o cliente trabalhe no hotel Saint Peter, em Brasília.

Segundo Oliveira Lima, nesta terça (26), ele formulará o mesmo pedido à Vara de Execução Penal do Tribunal de Justiça do Distrito Federal, que recebeu delegação do STF para tomar as medidas necessárias ao cumprimento das penas dos condenados no processo do mensalão.

Dirceu começou a cumprir a pena de prisão no último dia 16 na Penitenciária da Papuda, em Brasília, em regime semiaberto, que permite ao preso trabalhar durante o dia e retornar à noite para dormir na prisão.

O ex-ministro foi condenado no processo do mensalão a 10 anos e 10 meses de prisão pelos crimes de formação de quadrilha e corrupção ativa. Ele começou a cumprir pena somente por corrupção ativa (7 anos e 11 meses) porque recorreu da pena por formação de quadrilha.

Nem o hotel informou nem o advogado José Luís Oliveira Lima soube dizer em qual função o ex-ministro trabalharia.

O Saint Peter fica no Setor Hoteleiro Sul, na região central de Brasília, próximo da Esplanada dos Ministérios, do Palácio do Planalto e do Congresso Nacional.

Regras para trabalho externo
Os condenados em regime semiaberto podem obter um emprego e apresentar um requerimento à Vara de Execução Penal (VEP) para sair às 7h e retornar às 19h para o presídio.

O emprego deve ser interno (sem saídas da empresa) e remunerado. O empregador é quem fiscaliza a freqüência e o cumprimento das obrigações. O preso pode trabalhar em qualquer lugar, mas não pode se deslocar a mais de 100 metros de distância do local.

A Lei de Execução Penal prevê que o salário seja destinado à indenização dos danos do crime, à assistência à família do preso, ao ressarcimento do Estado com as despesas pessoais do preso e o restante, para uma poupança a que o detento poderá ter acesso quando for solto.

Preso em São Paulo
O ex-ministro José Dirceu teve prisão decretada no dia 15 de novembro. No mesmo dia  se entregou na sede da Polícia Federal, em São Paulo. Antes de entrar na sede da PF em São Paulo, Dirceu acenou para militantes petistas e também cumprimentou a mulher do deputado licenciado José Genoino (PT-SP), outro dos condenados no julgamento do mensalão.

No dia 16, Dirceu foi transferido para Brasília, onde foi enviado para a ala da Polícia Federal no presídio da Papuda. No dia seguinte, foi transferido para a ala do regime semiaberto na penitenciária, o Centro de Internamento e Reeducação (CIR).

Dirceu terá direito a receber visitas todas as sextas-feiras. O recurso contra o crime de formação de quadrilha que ele apresentou só deverá ser analisado pelo STF no ano que vem.

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Este post tem 2 comentários

  1. JAIME JOSÉ MACHADO DE QUEIROZ

    Não vejo problema para o José Dirceu trabalhar, para ele vai ser ótimo, com este trabalho e vinte mil reais no bolso, ficará demonstrado que este HOTEL, que prefiro nem sitar o nome, vai estar ajudando a quadrilha enriquecer ainda mais, com mais dinheiro os criminosos terão mais oportunidades de num futuro próximo aplicar mais golpes no povo brasileiro. Podem acreditar logo, logo, todos estes criminosos do mensalão estarão de volta, ocuparão seus cargos no governo dilma ou de outro petista.

    CHEGOU A HORA DO POVO BRASILEIRO DIZER NÃO AOS PETISTAS, TIRAR ESSES BANDIDOS DO PODER

    TENHO LIDO MATÉRIAS DIVERSAS E ATÉ HOJE NÃO ENCONTREI NENHUMA QUE DETALHA E EXPLICA PORQUE O CHEFE DA QUADRILHA SAIU ILESO E MILIONÁRIO.

    O QUE É MAIS TRISTE É SABER QUE O HOMEM SEM O DEDINHO ESTÁ FALANDO EM SER CANDIDATO NOVAMENTE, QUE TRISTEZA SE O POVO BRASILEIRO ACEITAR ESSA BARBARIDADE.

Deixe uma resposta