PF faz operação para despejar últimos invasores do ‘Santa Rosa’, em Ribamar

PF faz operação para despejar últimos invasores do ‘Santa Rosa’, em Ribamar

Todas as casas invadidas no conjunto habitacional “Nova Terra”, em São José de Ribamar,  serão desocupadas  por toda esta semana. É este o objetivo de operação desencadeada, hoje pela manhã (11), pela Superintendência da Polícia Federal no Maranhão, numa nova tentativa de restituir  aos verdadeiros mutuários – 150 unidades ainda ocupadas por invasores.

Para isso, a PF vai fazer cumprir mandado de reintegração de posse expedido pela Justiça Federal, em São Luís, em favor da Caixa Econômica Federal, a quem pertence o empreendimento, cujas unidades já haviam sido sorteadas aos que se habilitaram legalmente para receber os imóveis.

Para o bom andamento da operação, participam da ação a Polícia Federal, a Polícia Militar do Estado, Corpo de Bombeiros, Oficiais de Justiça da Justiça Federal, funcionários da Caixa Econômica Federal, assistentes sociais do município de São José de Ribamar e funcionários de empresa contratada pela CAIXA para transporte de mobiliário e logística.

No último mês de agosto, mais de 3 mil famílias que invadiram as unidades habitacionais do Residencial Nova Terra começaram a ser retiradas dos imóveis. O residencial é composto por 4.250 unidades habitacionais construídas por meio do programa Minha Casa, Minha Vida. (Com informações do Imirante)

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta