Parceria! Governo e Prefeitura celebram convênio de R$ 10 milhões para novo Hospital da Criança

Parceria! Governo e Prefeitura celebram convênio de R$ 10 milhões para novo Hospital da Criança

Governo e Prefeitura celebram convênio de R$ 10 milhões para ampliação do Hospital da Criança

O Governo do Estado e a Prefeitura de São Luís celebraram, na manhã desta terça-feira (20), convênio assegurando à Prefeitura de São Luís recurso no valor de R$ 10 milhões para garantir um novo Hospital Dr. Odorico Amaral de Matos – o Hospital da Criança. O governador Flávio Dino e o prefeito Edivaldo participaram da cerimônia de assinatura do convênio, realizada no Salão de Atos do Palácio dos Leões.

Na cerimônia de assinatura do convênio, o governador Flávio Dino destacou que o novo Hospital da Criança representa a convergência de um grande esforço administrativo para proporcionar qualidade no atendimento de urgência médica infantil e atingir metas importantes na área para a capital maranhense. “Esse é um ato que reforça os cuidados àqueles que nos sucederão. Estamos dando mais um importante passo ao amparar os pequenos cidadãos do nosso estado”, disse o governador Flávio Dino.

“Este ato é um grande marco para área da saúde em nossa capital. A previsão é que dentro de seis meses São Luís tenha um novo Hospital da Criança, com uma grandiosa estrutura de atendimento médico infantil que transformará a unidade em um hospital de referência na área. Nossa meta é proporcionar aos nossos pacientes toda a qualidade do atendimento em saúde que merecem e a que têm direito”, afirmou o prefeito Edivaldo.

NOVA ESTRUTURA
Com as obras, o Hospital da Criança (HC) passará a ter quatro andares e vai dobrar a capacidade de atendimento. Serão instalados mais 91 leitos de internação, UTI com 11 leitos, inclusive de isolamento; além de centro cirúrgico com quatro salas de grande porte; mais 25 enfermarias, que, com as oito já existentes, vão totalizar 178 leitos de internação.

A unidade também passará a oferecer serviços completos de diagnósticos por imagem, como ultrassonografia, tomografia computadorizada, entre outros serviços inéditos que atualmente as crianças internadas no HC precisam sair do hospital para realizá-los em outras unidades hospitalares da capital.

Presente ao ato, o secretário adjunto de estado da Saúde, Carlos Eduardo Lula, destacou a reforma do Hospital da Criança como um projeto de grande envergadura e alcance social. “O atual Governo tem priorizado a Saúde e o cuidado às crianças. Esse é mais um presente para todas as crianças do estado”, disse Carlos Lula.

A secretária municipal de Saúde, Helena Duailibe, destacou a grandiosidade da obra para setor da saúde infantil da capital e afirmou que, após concluída a obra, o novo Hospital da Criança em nada lembrará a estrutura da unidade atual. Segundo ela, a média de atendimento hoje no hospital é de aproximadamente 52,4 mil procedimentos/mês e de 3 mil internações/mês. Após a reforma, a meta é dobrar a capacidade de atendimento em todos os serviços ofertados na casa.

“Sem dúvida, será um gigantesco passo na área da saúde infantil da capital. A primeira parte da obra de reforma do hospital, que contempla entre outros serviços toda a parte de drenagem, para dar solução aos problemas de alagamento que existem naquela área, já foi concluída com recursos da Prefeitura. E agora daremos continuidade à obra com essa parceria importante celebrada nesse ato entre o governo do Estado e o Município”, enfatizou Helena Duailibe.

No mês de julho, o Hospital da Criança reativou as enfermarias e as semi-UTI’s interditadas em abril, quando uma enchente inundou o hospital. O investimento do Executivo Estadual será destinado às obras de ampliação e reforma do Hospital.
Participaram da solenidade o presidente da Assembleia Legislativa, Humberto Coutinho, deputados estaduais, o presidente da Câmara Municipal de São Luís, Astro de Ogum, vereadores e secretários.

Como ficará o “novo” Hospital da Criança

 

 

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Este post tem 2 comentários

  1. roberto ferraz

    quando a radio capital volta????

Deixe uma resposta