É mesmo pra valer! Sindicato confirma paralisação de ônibus, na capital

É mesmo pra valer! Sindicato confirma paralisação de ônibus, na capital

G1 – Após assembleia deliberativa, o Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Rodoviário do Estado do Maranhão (Sttrema) confirmou paralisação de 100% da frota a partir das 17h desta sexta-feira (28). Os veículos só voltam a circular às 4h de sábado. No mesmo dia, às 17h, o transporte coletivo volta a parar e só retorna às 4h de domingo. A rotina será mantida até que as reivindicações dos rodoviários sejam atendidas.

A principal delas se refere à retomada das fiscalizações nos 17 corredores, com o acompanhamento de 17 viaturas nos locais onde há maior índice de ocorrências policiais. Segundo o secretário administrativo do Sttrema, Isaías Castelo Branco, após a última paralisação o monitoramento vinha sendo realizado, mas, após algum tempo, houve uma redução no número de viaturas.

“Queremos o cumprimento dos pontos que foram firmados com o Comando da PM. Ao todo, apontamos 25 corredores que precisam de segurança. A operação iniciou com 17 e ampliaria para esse total. Mas, hoje, só há nove viaturas dando essa cobertura, segundo o próprio comando nos informou”, afirmou Isaías.

Outras reivindicações são: retorno do policiamento embarcado, quando o policial pegava um ônibus, ia até um determinado local, descia e entrava em outro veículo, o tempo todo com uma viatura dando suporte; a intensificação do policiamento dentro dos bairros, pois os crimes dentro dos coletivos migraram para dentro dos bairros com a operação policial; e maior efetivo da PM nas ruas.

“Esta é uma redução de jornada, por isso não estamos notificando o Sindicato das Empresas de Transporte (SET), nem a Prefeitura de São Luís. Nossa principal reivindicação é segurança, por isso não vamos deixar nem 20%, nem 30% do efetivo nas ruas, pois não podemos submetê-los a riscos”, concluiu.

Esta não é a primeira vez este ano que São Luís fica completamente sem ônibus. Em janeiro, a capital ficou três dias sem transporte coletivo pelo mesmo motivo: falta de segurança de rodoviários e passageiros.

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta