Para reduzir gastos públicos, Flávio Dino anuncia extinção e fusão de secretarias e órgãos do Estado

Para reduzir gastos públicos, Flávio Dino anuncia extinção e fusão de secretarias e órgãos do Estado

Com o objetivo de reduzir custos e dá racionalidade à gestão de recursos públicos, o governador do Maranhão, Flávio Dino (PC do B), anunciou, hoje (6), novas medidas administrativas válidas para o ano de 2017. São fusões e extinções de secretarias e órgãos de governo reveladas pelo chefe do Executivo em seu twitter.

Na rede social, o governador informou que haverá a fusão da Secretaria de Estado de Minas e Energia com a Secretaria de Indústria e Comércio e o Viva com o Instituto de Proteção e Defesa ao Consumidor do Maranhão (Procon-MA):

– “Prosseguindo com medidas de racionalização administrativa, estamos realizando algumas extinções e fusões de órgãos e entes. Será reinstalada a Secretaria de Relações Institucionais. Com as mudanças, haverá economia de gastos e não haverá criação de cargos”, frisou o governador.

Ele  prevê também a incorporação da agência de Serviços Públicos com a agência de Mobilidade Urbana e a instalação da agência Metropolitana, um dos passos dados pelo Governo para a metropolização de São Luís:

– “A organização da Região Metropolitana de São Luís é um antigo sonho, que vamos lutar para viabilizar agora, com a união dos prefeitos e prefeita”, destacou.

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta