Olhem eu aqui! De novo…

Olhem eu aqui! De novo…

Ainda bem que as pessoas de bem que passam a vista neste blog me conhecem! Porque eu havia dado uma parada,  ano passado, por conta da sobrecarga de atividades no Instituto de Pesquisas Data M, mas anunciado o retorno em 8 de agosto…

Pois não é que, por essas ironias do destino, dois dias depois, uma bradicardia me levou a uma internação hospitalar de 20 dias, culminando com a implantação de um aparelho marca-passo para regular o coração.  Fui obrigado a parar.

Para não perder o embalo,  após um período de repouso e dietas, submeti-me a uma cirurgia nos olhos e, agora, enxergando até agulha em palheiro, eis-me aqui de novo.

Pela ausência, peço desculpas.  Blog é uma coisa que não se consegue terceirizar. Até mesmo quando se reproduz uma informação que não é sua: tem que saber selecionar, tem que se pensar em quem está do outro lado, no computador, tablet, celular…

Imagina eu colocar uma pessoa pra me substituir e, no dia seguinte, ter que ler no meu próprio espaço, um texto bajulatório, aético e ainda com erros de Português? Vou parar no hospital, outra vez… É melhor que fique desatualizado…

Para o jornalista, parar de escrever é como o tomador de cachaça.. Muito difícil. Assim, estou de volta, outra vez… Ainda não será com a intensidade que gostaria de imprimir a este espaço, mas vamos religar o motor e acelerando aos poucos. Até que ele atinja o ponto ideal para a tarefa.

Um grande abraço a todos!

Lucas e José Machado

José Machado

Leia também

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta