Nas ruas! Edivaldo vistoria obras do canal do Rio das Bicas
O prefeito Edivaldo Holanda |Júnior, com assessores, observa andamento das obras.

Nas ruas! Edivaldo vistoria obras do canal do Rio das Bicas

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior visitou o canteiro de obras do Canal do Rio das Bicas nesta sexta-feira (25) acompanhado de parte do secretariado municipal. Os serviços desenvolvidos ao longo da Rua Salina, no bairro Salinas do Sacavém, estavam parados e foram retomados ao final do primeiro trimestre deste ano. Na vistoria realizada pelo prefeito foi constatado o avanço dos trabalhos que estão na fase de concretagem e representam 71% de conclusão das obras.

“Estamos acompanhando mais uma etapa do trabalho onde está sendo feito o serviço de concretagem e já providenciamos a desapropriação dos outros imóveis que estão mais à frente. Assim, temos a previsão de que no início do próximo ano estaremos entregando a obra antes do período de chuvas na capital”, observou o prefeito Edivaldo.

Ele lembrou que a urbanização do Canal do Rio das Bicas est

O prefeito Edivaldo Holanda |Júnior, com assessores, observa andamento das obras.

Rio das Bicas, obras do canal em ritmo acelerado.

A comitiva do prefeito, no meio da rua, Edivaldo caminha em direção às obras.

á sendo realizada pela Prefeitura de São Luís com recursos do Banco Mundial (Bird) e que o prazo para a realização da obra foi renovado devido aos esforços da atual gestão em dar celeridade aos serviços, o que possibilitou ao Bird a manutenção das ações previstas no Programa de Recuperação Ambiental e Melhoria da Qualidade de Vida da Bacia do Bacanga.

A renovação do contrato com o Banco Mundial também foi lembrada pelo secretário extraordinário de Projetos Especiais (Sempe), Gustavo Marques, cuja secretaria é responsável pelo acompanhamento e execução dos trabalhos. Ele ressaltou que cerca de 20 mil pessoas serão beneficiadas com a conclusão do serviço.

“O alcance da obra não está limitado aos moradores das proximidades da rua, mas de toda a região. Nós da Prefeitura conseguimos renovar o nosso aditivo de prazo e estamos concluindo esta obra no próximo ano, que é o ano em que iniciaremos o maior volume de obras e entraremos numa fase de 24 meses com a realização de mais 22 ações ao longo dessa região, principalmente nas áreas de saneamento e urbanização”, destacou o secretário Gustavo Marques.

Estiveram presentes durante a vistoria às obras os secretários Márcio Jerry (Comunicação), José Luís Lago (Orçamento Participativo), Fátima Ribeiro (Segurança Alimentar), Antônio Araújo (Urbanismo e Habitação), Raimundo Penha (Semdel), o presidente do Instituto Municipal de Paisagem e Urbanismo (Impur), Marconi Loiola, e os adjuntos de Urbanismo e Habitação e Trânsito e Transportes, respectivamente, Diogo Lima e Israel Petrus. Também acompanharam a inspeção o deputado federal Weverton Rocha (PDT), os vereadores Marquinhos Silva (PRB) e Rose Sales (PCdoB), líderes comunitários e sindicais.

QUALIDADE DE VIDA

Embora ainda não esteja concluída, mesmo no estágio atual, a obra do Canal do Rio das Bicas já representa uma melhoria na qualidade de vida de várias famílias. Cleidiane Serra Brandão, que há 24 anos mora na Rua Salina, afirma que a comunidade ficou satisfeita com o andamento das obras durante este ano. “Já melhorou várias coisas, principalmente, a passagem dos moradores, porque antes não dava para andar direito, aqui enchia e alagava tudo. Só a cobertura do canal já nos ajuda porque as pessoas podem andar normalmente”, contou.

Mais recente no bairro, Antônio Costa Serra mora há três anos na área, mas vivenciou o desespero de quem precisa lutar para preservar o patrimônio que tem. “Nós sofríamos muito com as enchentes, os moradores tinham que suspender televisão, geladeira e outros aparelhos elétricos para não perder tudo com a chuva. Aqui já melhorou oitenta por cento”, afirmou.

A presidente da Associação de Donas de Casa da Salinas do Sacavém, Maria Aparecida Figueiredo Rodrigues, e o membro do Comitê das Obras do Rio das Bicas, Joel Nascimento, lembram que os recursos para a obra foram conseguidos há mais de quatro anos, mas que apenas na atual gestão os moradores conseguiram ver o andamento dos serviços.

“Essa obra foi construída com toda a comunidade ainda na época da implantação do Orçamento Participativo em 2005 quando começamos a acreditar nesse sonho. A felicidade da gente é ver que agora temos um governo interessado em transformar o dinheiro em obras porque esse dinheiro estava disponível durante todo o período do outro governo e o serviço não foi feito. Para fazer também tem que ter vontade”, comentou Joel Nascimento.

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta