Na Câmara, vereadores destacam proposta de parcerias institucionais feita por Edivaldo
Ainda repercute pronunciamento de Edivaldo Júnior sobre estragos das chuvas e proposta de parcerias institucionais

Na Câmara, vereadores destacam proposta de parcerias institucionais feita por Edivaldo

Os vereadores de São Luís discutiram nesta segunda-feira (26) a necessidade da parceria institucional entre a Prefeitura de São Luís e os governos estadual e federal. Representantes do Legislativo Municipal enalteceram a atitude do prefeito Edivaldo em propor a ação conjunta dos entes federados para resolver problemas de drenagem e pavimentação da cidade.

O líder do governo, vereador Osmar Filho (PSB), destacou a declaração pública do prefeito de que busca uma nova co

Repercutiu, na Câmara de Vereadores, pronunciamento de Edivaldo Júnior sobre estragos das chuvas e proposta de parcerias institucionais

nversa com as instâncias executivas estadual e federal para ajudar São Luís, duramente castigada pelas chuvas de maio. “O que se quer é a sintonia, não ações isoladas da Prefeitura e do governo do Estado. O prefeito foi à televisão e solicitou uma agenda com a governadora Roseana e com a presidente Dilma. Devemos valorizar a ação do prefeito, que coloca o interesse da população acima de tudo. A governadora também sinalizou que quer, então, acredito que agora a parceria sairá do papel”, afirmou.

Pedro Lucas Fernandes (PTB) também solicitou a efetivação da parceria. “Nós sabemos das dificuldades, principalmente financeiras, enfrentadas pela Prefeitura, e entendemos que devemos dar as mãos sem cunho político, arregaçar as mangas para encarar a situação que se encontra a cidade”, disse. Os vereadores Beto Castro (PRTB), Nato (PRP) e Roberto Rocha Júnior (PSB) também se manifestaram no sentido de convocar o governo do Estado a estabelecer convênios, para que São Luís suplante o momento de dificuldade.

A cobrança por agilidade do governo do Estado foi exposta pelo vereador Francisco Chaguinhas (PSB), que criticou a gestão estadual por ainda não ter consolidado a ajuda necessária ao município de São Luís. Ele afirmou que a união de forças é devida pelos recursos de que dispõe os governos. “Temos que mudar esta mentalidade de que o governo não pode ajudar o prefeito de outro partido. Os governos federal e estadual, ao ajudarem não fazem favor. É preciso devolver os recursos à população em forma de serviços. A parceria é um sinal de respeito à população”, disse.

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta