Mulher que pesava meio tonelada perde 250 quilos com cirurgia e já pode ficar sentada

Mulher que pesava meio tonelada perde 250 quilos com cirurgia e já pode ficar sentada

Eman Ahmed Abd El Aty, de 37 anos, pesava meia tonelada ao chegar a Mumbai em fevereiro; a mulher sofre de elefantíase, uma doença que causa inchaço dos membros e de outras partes do corpo.

 

   France Presse
Reprodução/Internet

A mulher egípcia considerada até recentemente como a mais obesa do mundo perdeu metade de seu peso, 250 quilos, em dois meses de tratamento na Índia, anunciaram seus médicos.

Eman Ahmed Abd El Aty, de 37 anos, pesava meia tonelada ao chegar a Mumbai em fevereiro. A mulher sofre de elefantíase, uma doença que causa inchaço dos membros e de outras partes do corpo.
Confinada a viver na cama, foi submetida a uma cirurgia em março. Em vídeos divulgados pelo hospital Saifee a paciente aparece sentada e sorrindo.
“É uma versão mais feliz e mais magra de si mesma. Agora pode se sentar em uma cadeira de rodas e permanecer sentada durante bastante tempo, algo que nem sequer sonhava há três meses”, declarou em um comunicado sua equipe médica, anunciando a perda de 250 kg.
Reprodução/Internet
A história desta mulher, que estava há 25 anos sem sair de casa, rodou o mundo e comoveu um cirurgião indiano que se ofereceu para operá-la.
Abd El Aty teve muitas dificuldades para chegar à Índia por causa de sua saúde precária e porque as companhias aéreas não queriam aceitá-la. Finalmente, foi transferida em um avião especial.
A mulher tem perdido gradualmente peso desde que chegou à Índia em meados de fevereiro graças a operação e a um regime líquido.
As operações de redução de peso são cada vez mais frequentes na Índia, onde a obesidade está aumentando, especialmente em áreas urbanas.
A mulher mais obesa do mundo é agora a americana Pauline Potter, que em julho foi inscrita no Livro Guinness de Recordes com 293 kg.

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta