Ministério Público pede redução de pena para o doleiro Alberto Youssef

Ministério Público pede redução de pena para o doleiro Alberto Youssef

O Ministério Público Federal (MPF) pediu  a redução de pena, pela metade, para o doleiro Alberto Youssef, considerado operador financeiro do esquema de corrupção investigado na Operação Lava Jato. O pedido é relacionado ao processo no qual o doleiro é acusado de lavagem de dinheiro e evasão de divisas.

De acordo com os procuradores da força-tarefa que investiga o esquema, Youssef merece o benefício em troca das informações que foram prestadas no acordo de delação premiada firmado com MPF. Nos depoimentos, o doleiro apontou os políticos que receberam propina do esquema de desvios da Petrobras.

“Considerando que houve a colaboração efetiva de Youssef na investigação de diversos outros fatos, deve ele ser beneficiado com a diminuição da pena, que o MPF sugere em metade, respeitando-se os demais termos do acordo”, sugere o órgão.

Somadas todas as nove fases da Operação Lava Jato, Youssef é réu em mais de dez ações penais.

*com informações da Agência Brasil

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta