Mesmo que fosse, literalmente, uma bomba!
José Reinaldo e as maledicência com a Capital.

Mesmo que fosse, literalmente, uma bomba!

Os maledicentes de plantão não perderam tempo. Tão logo souberam que a entrevista que o ex-governador José Reinaldo Tavares (PSB) concederia ao radialista Renato Sousa, na manhã de quinta-feira (22),  não se concretizara por conta do acidente que derrubou a torre de transmissão da emissora, começaram a conjecturar.

José Reinaldo e as maledicência com a Capital.

Uma das mais absurdas dessas teorias conspiratórias foi dizer que o acidente teria sido provocado para impedir que José Reinaldo concedesse a entrevista. Quanta ingenuidade!

Sem procuração para defender a Capital, digamos que há maneiras e maneiras  de se evitar que alguém conceda  entrevista numa emissora de rádio, TV, jornal, blog ou revista sem que seja preciso recorrer a extremos.  Uma é não convidar. A outra é desconvidar. Se você convidar alguém para almoçar na sua casa e, depois, arrepender-se, você não precisa derrubar a sua casa. Apenas cancela o almoço…

No caso, se não havia a intenção de entrevistá-lo, por que convidá-lo?

A não ser que José Reinaldo tivesse em mãos uma bomba, literalmente,  de efeito devastador, e fosse explodi-la justo dentro dos estúdios da Rádio Capital. E fama de terrorista é o que o ex-governador não tem…

Já se sabe que, da parte do gentleman José Reinaldo, é que não partiram tais elucubrações…

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta