Melhor pecar por excesso que por omissão. Edivaldo Jr. troca o nono secretário…
Já Silveirinha pecou por excesso de dispensas de licitação...

Melhor pecar por excesso que por omissão. Edivaldo Jr. troca o nono secretário…

Diferentemente do Governo do Estado, onde as denúncias pipocam e a governadora Roseana Sarney faz ouvidos de mercador, o prefeito Edivaldo Holanda vem renovando seu secretariado, ao menor sinal de que nas pastas onde atuam está sendo praticado algum malfeito. Foi o caso do secretário Antônio Silveira, o Silveirinha, cuja demissão foi confirmada hoje (13).

Para o seu lugar vai o  atual secretário de Urbanismo, Antônio Araújo Costa, que, por sua vez, será substituído pelo seu adjunto, Diogo Lima. Por motivos diversos, como inércia, incompetência ou incompatibilidade  já saíram outros tantos. Pelas minhas contas já caíram nove. Um dia o prefeito acerta…

Mas o que levou o secretário de Obras a cair em desgraça foi ele não justificar, junto ao prefeito, porque dera, graciosamente, uma obra no valor de R$ 2 milhões para uma parenta sem nenhum tipo de licitação.

Já Silveirinha pecou por excesso de dispensas de licitação…

Ontem, durante expediente da Assembleia Legislativa,  o deputado Roberto Costa (PMDB) cobrou da bancada da oposição “uma atitude sobre as denúncias de corrupção na Prefeitura de São Luís, que envolvem desvios de verba pública e demissões do secretariado”.

Como no ditado, “choveu no molhado” o deputado Costa. O prefeito já havia dado a resposta que a sua governadora não deu em casos mais cabeludos como as obras fantasmas em povoados fantasmas da Secretaria de Desenvolvimento Social. Ou até mesmo de outras sobre o Detran, envolvendo o próprio.

Dizem por aí que pimenta no dos outros é refresco…

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta