Marta Suplicy sai do PT atirando com munição pesada contra o partido

Marta Suplicy sai do PT atirando com munição pesada contra o partido

A senadora Marta Suplicy (SP) não pertencce mais ao Partido dos Trabalhadores (PT). E ela siau atirando, com munição pesada.Em vídeo publicado nesta terça-feira (28) em seu perfil no Facebook, a senadora Marta Suplicy, que anunciou mais cedo desfiliação do PT, afirmou que o Partido dos Trabalhadores se desviou do caminhou e se contaminou com o poder. A parlamentar disse deixar o partido para continuar seguindo caminho que ela descreve como sendo de “luta para a justiça social”.

As desavenças de Marta com o PT, a bronca e a desfiliação, tudo no Facebook e em vídeo…

“Eu ajudei a fundar o PT há mais de 30 anos. E eu me orgulho de ter estado nessa luta para ajudar a vida dos mais pobres no país. Mas o PT acabou se desviando do caminho e se contaminando com o poder”, diz Marta. “E eu quero dizer pra vocês que eu nunca me desviei dos meus valores, dos valores que meus pais me ensinaram e que eu criei meus três filhos”, completa.

Marta Suplicy entregou na manhã desta terça-feira (28), ao diretório municipal do PT em São Paulo, sua carta de desfiliaçao à legenda, informou a assessoria petista. A parlamentar de São Paulo tem mantido contatos com PSB, PDT e PPS nos últimos meses, mas ainda não anunciou para qual sigla deverá migrar.

“Eu não me desviei da luta para a justiça social e para a luta de tudo o que eu sempre acreditei. E é por essas razões que hoje eu deixo o partido, não para desistir do caminho iniciado há trinta anos, mas exatamente para continuar a seguir”, afirmou no vídeo.

Filiada ao PT desde 1981, antes de se eleger para o Senado, Marta foi deputada federal e prefeita de São Paulo. No segundo mandato do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ela assumiu o Ministério do Turismo. Marta ficou na pasta até junho de 2008 e se afastou para concorrer à prefeitura de São Paulo, retornando ao ministério na gestão Dilma Rousseff.

Fontes: G1, Uol, IG

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta