Maria Spíndola renova  “Fogo Original” em  show no boteco “Seu Guma”

Maria Spíndola renova “Fogo Original” em show no boteco “Seu Guma”

O boteco gastronômico “Seu Guma” terá o privilégio de abrigar, neste dia 6, a partir das 22 horas, o show de lançamento do CD Fogo Original, da jornalista, convertida em cantora e compositora maranhense, Maria Spíndola Moreira Neta, nascida em Magalhães de Almeida, em 7 de junho de 1971. “É um trabalho autoral”, ela define.

Na verdade, esse é o segundo lançamento. O primeiro aconteceu no dia 14 de outubro último, em Brasília – Distrito Federal -, no Balcony Music, e foi bastante prestigiado pelos candangos.

A banda que acompanha Spíndola está assim formada: Marcus Lussaray na guitarra e produção musical; Mauro Sérgio, Baixo Acústico; Rui Mário, teclados e acordeon; Oliveira Neto, bateria; e Erivaldo Gomes, percussão. O repertório do show traz canções do disco e releituras de Odair José, Fernando Mendes, Roberto Carlos e – não poderia faltar – Zeca Baleiro. A produção executiva do show é de Matilde Coqueiro.

Atuação jornalística

Com formação acadêmica em Jornalismo, Maria Spíndola trabalhou por vinte anos nas televiões Globo, SBT e Record, como apresentadora e repórter, nos estados do Maranhão, Rio de Janeiro e São Paulo.

Na verdade, Maria Spíndola começou a trabalhar com jornalismo aos 18 anos, como apresentadora e repórter, na TV Difusora, que na época retransmitia o sinal da TV Globo. Trabalhou também na Record e SBT, em Imperatriz.
No Rio de Janeiro, passou pela Tv Record. Em São Paulo, apresentou o telejornal da TV Globo de Mogi das Cruzes.

De volta a São Luís, passou a trabalhar na agência de publicidade Open Door, atuando como apresentadora e editora de textos para documentários institucionais e como repórter em informes publicitários como “Assembléia em Ação” e “Notícias da Câmara”.

Em 2012, decidiu gravar suas composições, depois de ganhar dois troféus (melhor música e melhor intérprete) no Festival Som na Cuca, da Universidade Federal do Maranhão, em 2009, em São Luís.

A música premiada foi Cometa Ilusão, de sua autoria, em parceria com Alê Muniz.
Ainda em 2012, realizou o pré-lançamento do CD Fogo Original, no Trapiche, em São Luís. Até então eram 10 canções, todas gravadas aqui na Ilha, com produção de Marcus Lussaray.

De lá pra cá,  o CD ganhou mais duas faixas: Árvore do Deserto, um bolero, gravado no Studio 185 em São Paulo, com produção de  Gérson da Conceição e a regravação no Rio de Janeiro, de Linha do Equador(Djavan/Caetano), com produção de Arthur Maia.

Fogo Original é uma gostosa salada musical: pop, bolero, xote romântico(faixa título), balada, dance e até tango. Um CD quente que vale a pena ouvir!!!

“Seu Guma” – boteco gastronômico se localiza na Rua dos Periquitos, 14 – Renascença II, por trás do Tower Center, aquele prédio novo que fica em frente do “Paraíba”,  na Jerônimo de Albuquerque.

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta