Maranhense líder de seita criminosa nos anos 90 volta a ser preso, agora no Rio
Dez anos depois de solto, Donato volta a ser preso, agora no RJ

Maranhense líder de seita criminosa nos anos 90 volta a ser preso, agora no Rio

Nos anos 90, Donato Brandão comandava, no Maranhão, a Seita Mundial.
Ao todo, 11 pessoas foram presas no Rio de Janeiro. (Fantástico/G1)

O grupo liderado por Donato Brandão é acusado de vários crimes: estelionato, falsidade ideológica, lavagem de dinheiro e organização criminosa, mas Donato já era bem conhecido da polícia.

Nos anos 1990, ele comandava, no Maranhão, a Seita Mundial. Pelos seguidores, era chamado de “pai”, um novo messias. Na época, as investigações concluíram que a seita praticava a emasculação –  ou seja, a castração – de jovens.

Donato Brandão passou dez anos e quatro meses preso, saiu em 2010. Em 2013, trocou o Maranhão pela Região Serrana do Rio de Janeiro. Agora, a polícia vai investigar se a seita de Donato também está envolvida com outro crime: o de exploração da prostituição. Ao todo, 11 pessoas foram presas.

Veja vídeo com reportagem do Fantástico…

 

REPORTAGEM DO FANTÁSTICO

Dez anos depois de solto, Donato volta a ser preso, agora no RJ

Donato, já preso e entrando no camburão da policia

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta