Mantido o veto de Roseana Sarney que prejudicava a cultura e o futebol
Plenário da AL, durante a aprovação do veto aos projetos de incentivo ao futebol e à cultura...

Mantido o veto de Roseana Sarney que prejudicava a cultura e o futebol

Jorge Aragão*

Que coisa! Oposiççao ajuda a manter o veto de Roseana Sarney que prejudicava a cultura e o futebol

A Assembleia Legislativa manteve na sessão desta quinta-feira (11), o veto da ex-governadora Roseana Sarney ao projeto de Lei de autoria do deputado Roberto Costa (PMDB) que era visto como a luz do fim do túnel para o futebol maranhense.

Todos vocês acompanharam que no ano passado, a Assembleia Legislativa aprovou uma modificação na Lei de Incentivo ao Esporte e à Cultura proposta pelo deputado Roberto Costa. Essa modificação garantia o aumento do percentual em 0,01% do ICMS que representaria R$ 4 milhões que seriam utilizados exclusivamente para o futebol profissional e futebol amador.

A emenda que também beneficiaria a cultura foi vetada, no ano passado pela governadora por conta da arrecadação estadual.

Para quem não sabe, a Lei de Incentivo ao Esporte destina o percentual de 0,04% do ICMS, que representa o montante de R$ 16 milhões exclusivamente para o esporte amador não alcançando os clubes de futebol.

ontem, o veto da ex-governadora Roseana Sarney entrou na pauta de votação, mas para a surpresa de todos os desportistas foi mantido. Apenas seis deputados votaram pela derrubada do veto, dentre eles o deputado Jota Pinto que sequer foi reeleito. Outros nove votaram pela manutenção do veto e  se te abstiveram em votar, enquanto vinte e dois estavam ausentes.

Veja como foi a votação:

Votaram SIM: Alexandre Almeida, Camilo Figueiredo, Carlinhos Florêncio, Jota Pinto, Marcos Caldas e Max Barros.

Votaram NÃO: Edson Araújo, Francisca Primo, Magno Bacelar, Manoel Ribeiro, Marcelo Tavares, Othelino Neto, Ricardo Murad, Rogério Cafeteira e Vianey Bringel.

Abstenção: César Pires, Eduardo Braide, Gardênia Castelo, Léo Cunha, Rigo Teles, Stênio Rezende e Valéria Macedo.

Ausentes: Afonso Manoel, Hélio Soares, Roberto Costa, Dr, Pádua, Zé Carlos, Bira do Pindaré, Cleide Coutinho, Eliziane Gama, Raimundo Cutrim, Rubens Junior, Carlinhos Amorim, Neto Evangelista, Antonio Pereira, Graça Paz, André Fufuca, Carlos Flho, Edilázio Júnior, Hemetério Weba, Raimundo Louro e Victor Mendes.

* Jornalista

Plenário da AL, durante a aprovação do veto aos projetos de incentivo ao futebol e à cultura…

Jorge Aragão, blogueiro e integrante do Sistema Mirante de Comunicação, da família Sarney

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta