Líder do MBL Kim Kataguiri, vira celebridade em manifestação a favor da condenação de Lula

Líder do MBL Kim Kataguiri, vira celebridade em manifestação a favor da condenação de Lula

O líder do Movimento Brasil Livre (MBL), Kim Kataguiri/Foto Alexandre Elmi

O líder do (MBL), Kim Kataguiri, circulou como celebridade e herói entre os defensores da condenação de Lula no Parque Moinhos de Vento, em Porto Alegre.

Foi paciente com os fãs e militantes, posou para fotos, gravou vídeos, sempre solícito e calmo.

Conforme Kataguiri, o resultado unânime do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) era esperado, pois a corte é conhecida pela linha dura em suas decisões.

Para o MBL, a condenação tem o simbolismo de mostrar que ninguém está acima da lei.

“Nos escândalos passados, nunca uma pessoa tão poderosa como um ex-presidente acabava indo para a cadeia”, disse.

Kataguiri criticou a posição da presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, de que os partidários de Lula devem radicalizar a militância depois da condenação.

“Radicalizar é para aqueles que querem ir contra a ordem democrática”, afirmou. (ALEXANDRE ELMI/Folha de São Paulo)

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta