Justiça Eleitoral vai apurar gastos de Roseana Sarney com aeronaves
Roseana sob investigação da PRE-MA

Justiça Eleitoral vai apurar gastos de Roseana Sarney com aeronaves

Roseana e Luís Fernando entregam sementes no “itinerante”

Roseana sob investigação da PRE-MA

Segundo dados do portal da Transparência do Maranhão, desde 2011, o atual governo maranhense gastou R$ 38,9 milhões com locação de aviões e helicópteros.

Só no ano passado foram gastos R$ 18,6 milhões com locação de aeronaves, feitas por meio de três empresas de táxi aéreo. Somente a Casa Civil gastou pouco menos que a metade desse valor: R$ 9 milhões. Em 2011, foram gastos R$ 8,4 milhões com empresas de fretamento de aeronaves.

“Esse valor de 2012 é o dobro do que gasta o Rio de Janeiro, que é um Estado muito mais rico. O governo tem um contrato em que paga R$ 800 mil por mês por um avião, usando-o ou não. Num Estado pobre como o nosso, demonstra a inversão de prioridades e, em alguns casos, gasto apenas para pré-campanha”, disse o deputado Rubens Júnior (PC do B), líder da oposição na Assembleia.

Ainda segundo o portal da Transparência, neste ano já foram gastos R$ 11,8 milhões com pagamentos de empresa de táxi aéreo pelo governo, por meio de todos os órgãos.

Representação

A representação da oposição foi protocolada por quatro deputados na PRE, nesta quinta-feira (5), e será analisada pelo procurador Regional Eleitoral, Regis Richael Primo da Silva. “Todas as denúncias serão apuradas”, disse o procurador, por meio da assessoria de imprensa.

Mais do que pedir punição, os deputados alegam no documento que querem o direito de disputar a eleição “em igualdade de condições”.

A denúncia da oposição relata que as aeronaves são usadas com frequência para viagens não só da governadora Roseana Sarney, mas também do seu secretário de Infraestrutura, Luís Fernando Silva, pré-candidato da família Sarney para a eleição de 2014.

Um dos casos citados na representação teria ocorrido em 19 de julho, quando o secretário teria viajado a Santa Rita, onde não haveria nenhum evento oficial.

“Vê-se nas reportagens anexadas foto de reunião eleitoral ocorrida na cidade de Santa Rita, em que o Sr. Luis Fernando se utiliza de helicóptero que serve à Polícia Militar para chegar ao município”, informou o texto da denúncia.

Resposta

Em nota encaminhada ao UOL, a Secretaria de Comunicação do Maranhão confirmou que o governo, por meio da Casa Civil, firmou contrato de locação de aeronaves –avião a jato e helicóptero– no valor total de R$ 9,8 milhões, “não R$ 17 milhões como informa equivocadamente a oposição.”

O valor de 18 milhões foi consultado pelo UOL no portal da Transparência nessa sexta-feira (6). Os demais gastos foram de outras secretarias, como a de Segurança Pública.

O governo informou ainda que foi firmado um contrato, em 2012, de R$ 8,2 milhões, com aditivo de de R$ 1,6 milhão. “Agora, em 2013, por intermédio do pregão presencial no 150/2012, foi feito novo contrato, num valor bem menor – R$ 7.480.000”, informou o governo.

Ainda segundo a nota, “o contrato de locação das aeronaves, pela Casa Civil, atende à demanda de todo o Governo do Estado, e não somente da governadora ou de determinado secretário, como necessidade para a equipe de governo acompanhar, vistoriar obras e implementar projetos nos 217 municípios maranhenses,  num território que é o quarto maior do Brasil em extensão.”

Pré-candidatos

O interesse em tornar popular o seu pré-candidato criou situações até curiosas. Fotos divulgadas pelo próprio governo mostram Roseana e Luís Fernando, em maio, juntos entregando sementes a pequenos agricultores em duas cidades: Edison Lobão e Milagres do Maranhão.

A ação, porém, é ligada à Secretaria de Agricultura do Estado, e não tem qualquer relação com a pasta chefiada por Luis Fernando, que aparece entregando o saco com o produto a produtoras.

O grupo opositor aposta suas fichas no nome do ex-deputado federal Flavio Dino (PC do B) ao governo. Ele aparece na liderança das pesquisas encomendadas pelos partidos.

Roseana ainda corre o risco de ser cassada nas próxima semanas, pois o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) vai julgar processo em que ela é acusada de abuso de poder político durante a eleição de 2010, quando conseguiu a reeleição. A Procuradoria Geral Eleitoral deu parecer favorável a sua cassação.

Análise

O cientista político Wagner Cabral, da UFMA (Universidade Federal do Maranhão), disse que os deputados da oposição tomaram um medida importante para tentar igualar a disputa. Para ele, a oposição tem boas chances de retomar o governo em 2014, “mas se as eleições forem livres e limpas”.

“Desde 1990, em quase todas, a vitória dos candidatos do grupo Sarney esteve associada aos mecanismos da fraude e do uso da máquina pública”, disse Cabral ao UOL.

O cientista afirma ainda que o pré-candidato Luís Fernando Silva encontra “dificuldades em se viabilizar” por conta da reprovação do governo Roseana Sarney, que, segundo ele, chega a 60% da população.

“Tal situação reforça a necessidade, por parte do grupo Sarney, de utilizar amplamente a máquina pública, com abuso de poder político e econômico, visando alavancar seu candidato”, afirmou.

 

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Este post tem 3 comentários

  1. Cássio

    Adianta processar? Roseana já tem dez cofos cheios de processos e não deu em nada. Vocês lembram da Lunus e do batom na cueca de Jorginho Murad e na calçola da primeira e segunda esposa, a mesma? Quero ver o topete dessa procuradoria eleitoral.

  2. Carlos José

    Rapaz, isso da foto é campanha eleitoral aqui e na China. Agora a gente vê a injustiça que foi feita com o Dr. Jackson. Será que um dia essa casa não cai?

  3. De Souza

    Isso é só intriga da oposição. Acha se Flávio Dino tivesse no governo e quizesse fazer o seu candidato não fazia do mesmo jeito? E sabe quem ia ser o sucessor? – Márcio Jerry, há há há há, só futurologia……..

Deixe uma resposta