Juízes de Direito auxiliares entram em exercício, na capital
A nova turma de juízes auxiliares do TJMA que assume na capital

Juízes de Direito auxiliares entram em exercício, na capital

Os cinco juízes promovidos para o cargo de juiz auxiliar de entrância final entraram em exercício nessa segunda-feira (21), ao assinarem o Termo de Exercício em solenidade na Corregedoria Geral da Justiça do Maranhão. O corregedor-geral da Justiça, Des. Cleones Cunha, desejou sucesso e destacou a importância da promoção.

“Essa promoção para juiz auxiliar de entrância final é, sem dúvida, a melhor promoção de todas. É quando muitos dos juízes voltam para suas casas, a trabalhar perto da família. É realmente emocionante”, disse o corregedor-geral da Justiça.

A nova turma de juízes auxiliares do TJMA que assume na capital

Entraram em exercício os juízes: Júlio César Lima Prazeres, que foi promovido por merecimento da 2ª Vara de Pinheiro e responderá pela 5ª Vara da Família de São Luís; Marcelo José Amado Libério, que foi promovido por antiguidade do Juizado Especial Cível e Criminal de São José de Ribamar, onde continuará respondendo; Suely de Oliveira Santos Feitosa, promovida por merecimento da 2ª Vara Criminal de Imperatriz e responderá pela 2ª Vara da Família de São Luís; Andréa Cysne Frota Maia, promovida por antiguidade da 2ª Vara Criminal de São José de Ribamar, onde continuará respondendo; e Cristiane de Sousa Ferraz Leite, promovida da 1ª Vara Criminal de São José de Ribamar, onde também continuará respondendo.

“Sejam muito bem-vindos, lembrando que para alguns a jornada agora é bem diferente, sem ferry, sem estrada, mas o trabalho tão importante quanto”, pontuou o desembargador Cleones Cunha, que esclareceu que os juízes promovidos de São José de Ribamar continuarão respondendo por suas antigas varas devido a falta de juízes na referida comarca.

Agradecimentos – Logo após assinar o Termo de Exercício, o juiz Júlio Prazeres fez questão de dedicar o momento ao pai, mãe e esposa. “Fui muito feliz no interior o Estado. Aprendi muito e uma delas foi a ter paciência, com a minha secretária judicial, que sempre disse que uma hora as coisas acontecem na nossa vida”, disse o magistrado emocionado.

Para a juíza Cristiana Ferraz, a alegria do momento é imensurável. “Realmente essa é a melhor promoção. É quando vemos que o caminho seguido da honestidade, do correto e da justiça tem o maior valor. E devo isso aos meus pais que me passaram esses valores, em especial meu pai, desembargador Mário Ferraz, que não está neste momento fisicamente, mas em espírito”, declarou.

Outra juíza que viu seu trabalho reconhecido foi Suely Feitosa. “É o reconhecimento do nosso trabalho de tantos anos. A sessão de promoção no Tribunal foi emocionante, quando tivemos a oportunidade de ouvir os desembargadores dando as notas e fundamentando os votos com o resultado do nosso trabalho diário. É um momento realmente de felicidade na minha carreira, que abracei com amor há muito tempo”, disse a juíza, agradecendo também o trabalho de todos os servidores que estiveram com ela nas comarcas por onde passou.

Para Andréa Maia, esse é o momento mais importante da sua carreira. “Depois de passar por sete comarcas, enfrentar os desafios e os momentos de felicidade, vejo que tudo valeu a pena”, comentou.

Já para o juiz Marcelo Libério, a promoção para a capital tem o lado feliz e triste ao mesmo tempo. “Vinha relutando essa promoção porque ao chegar a São José de Ribamar há quatro anos, me apeguei bastante à comarca, aos servidores. É um local próximo da minha casa e pelo qual eu tenho muito carinho. Mas vi que era hora de dar uma renovada e agora estou pronto para enfrentar os novos desafios e estudar outras matérias”, completou. (Ascom/CGJ-MA)

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta