Juizado Eletrônico atrai maioria dos processos contra o Governo do Estado
A tecnologia à serviço dos que precisam do Judiciário

Juizado Eletrônico atrai maioria dos processos contra o Governo do Estado

A tecnologia à serviço dos que precisam do Judiciário

Para o juiz responsável pela unidade judicial, Silvio Suzart dos Santos, a iniciativa trouxe praticidade àqueles que querem ingressar com uma ação contra um órgão público do Executivo Municipal ou Estadual.

Por ser totalmente eletrônico, o Juizado desburocratiza a tramitação, uma vez que os autos estão sempre online, à disposição dos advogados, podendo ser acessados a qualquer hora, de qualquer local e em qualquer computador com acesso à internet.

“Para nós magistrados também é muito prático, pois podemos despachar o processo de qualquer lugar utilizando o sistema do Processo Eletrônico Judicial”, explica.

SISTEMA – O Processo Eletrônico Judicial na Justiça estadual foi instituído por meio da Resolução n° 52/201, do Tribunal de Justiça (TJMA). Serviço informatizado de constituição, processamento de informações judiciais e prática de atos processuais por meio eletrônico, o PJe estabelece parâmetros para implementação e funcionamento.

Com o novo sistema, os atos processuais terão registro, visualização e tramitação exclusivamente por meio eletrônico e serão assinados digitalmente, no portal do Poder Judiciário (www.tjma.jus.br).

Todas as citações, intimações e notificações – inclusive da Fazenda Pública, Ministério Público e Defensoria Pública – se darão eletronicamente, correspondendo a vista pessoal do processo quando viabilizarem o acesso à íntegra dos documentos. (Assessoria de Comunicação do TJMA – asscom@tjma.jus.br)

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta