Irmã de maranhense morta pelo namorado, também baleada, passa por avaliação

Irmã de maranhense morta pelo namorado, também baleada, passa por avaliação

Diretor do HUT informou que Ailana está consciente e passa por exames hoje. A amiga que também estava na cena do crime já foi liberada

Por Letícia Gonzaga (portal A-Z)

Ilana Lima, irmã de Iarla Lima Barbosa, jovem que foi morta pelo namorado na madrugada da última segunda-feira (19), está internada no Hospital de Urgência de Teresina (HUT) com traumatismo craniano.

De acordo com o diretor do HUT, Dr. Gilberto Albuquerque, Ilana está consciente e deve passar por exames ainda na manhã desta terça-feira (20). “Ela sofreu um traumatismo craniano leve, mas não necessita de procedimento cirúrgico. Ela está consciente e vai fazer exames hoje por volta das 10h. Provavelmente ela deve ter alta amanhã ou na quinta-feira”, completou.

Ainda segundo o diretor do hospital, Joseane Mesquita, amiga de Iarla, foi atingida com um projétil no tórax e no braço, mas já teve alta. “Retiramos a bala que lesionou as áreas atingidas e ela já foi liberada ontem a tarde”, finalizou.

O crime

Um tenente do Exército José Ricardo da Silva Neto, de 23 anos, é acusado de matar a namorada identificada como Iarla Lima Santos, de 25 anos, e ferir outras duas mulheres durante a madrugada da última segunda-feira (19), na zona leste de Teresina. A vítima estava com o namorado, a irmã e uma amiga em uma festa no Bendito Boteco, também na zona leste, momentos antes do crime.

Iarla Lima Barbosa
Iarla Lima Barbosa

Segundo testemunhas da polícia, a jovem teria dançado com um amigo, o que teria deixado o tenente do Exército com ciúmes e efetuado o crime.

Iarla foi alvejada com dois tiros no rosto. A irmã, Ilana Lima, levou um tiro de raspão na cabeça, e a amiga foi atingida com um tiro no braço e outro no tórax. Após o crime, o tenente do Exército se trancou no banheiro do seu apartamento na zona leste. Momentos depois, a polícia conseguiu que ele se entregasse e o encaminhou para a Central de Flagrantes. O oficial do Exército se encontra preso e já confessou detalhes do crime.

O Exército já abriu procedimento administrativo para expulsar Silva Neto. Ele era considerado um oficial de bom comportamento.

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta