Ingressos mais caros para Sampaio x Vila Nova. Renda pode chegar a R$ 1 milhão

Ingressos mais caros para Sampaio x Vila Nova. Renda pode chegar a R$ 1 milhão

Começam a ser vendidos, hoje, os ingressos para o jogo do Sampaio Corrêa  com o Vila Nova de Goiás, pelas seminais do Campeonato Brasileiro da Série C, no Estádio Castelão.

Os dirigentes do Sampaio e a Federação Maranhense de Futebol acertaram novos preços para os bilhetes. Consideraram a importância do jogo e o bom momento por que passa o time maranhense. Com isso, o Castelão deve ter renda record.

O preço dos ingressos para as cadeiras cobertas passa dos atuais R$ 50 para R$ 70. No setor 4, o ingresso custava R$ 40 e passará para R$ 50. Nos demais setores,  o valor passa de R$ 20 para R$ 30.

Recorde-se que, no jogo contra o  Macaé, com 39.622 ingressos vendidos, o Sampaio arrecadou R$ 701.880. Calcula-se que, se a mesma quantidade for vendida para o jogo contra o Vila Nova e ocorrendo igual distribuição de meias e inteiras, o clube maranhense poderá arrecadar  até  R$ 1 milhão no próximo sábado.

Vale lembrar que apenas  estudantes e idosos podem adquirir os ingressos de meia-entrada, mediante a apresentação dos documentos, e que não serão disponibilizados tickets através do projeto Viva Nota.

Os ingressos estão sendo vendidos  no Castelão e no Nhozinho Santos.

No jogo da volta, se  houver empate sem gols, a vaga para a final será decidida nos pênaltis. Empate com gols, o beneficiado será o Vila Nova.

 

O melhor mesmo, para o Sampaio e sua torcida, é uma vitória do time da casa.

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta