Inaugurada em Codó ONG que leva o nome do umbandista Bita do Barão

Inaugurada em Codó ONG que leva o nome do umbandista Bita do Barão

Repercutiu, em Codó, municípios do Maranhão e de outros estados a inauguração do Instituto Mestre Bita do Barão (Imebb), hoje,  o umbandista mais famoso do Norte e  Nordeste do Brasil, realizada no final de semana, como conta o Blog do Acélio, comunicador com atuação no município e região, também correspondente do Sistema Mirante (Globo) de Comunicação. o que está lá escrito é que , “no instituto, há  espaço reservado para crianças carentes de Codó que receberão tratamento especial de acordo com a supervisora do Imebb, professora Zélia Maia. No local existe uma brinquedoteca.  Vão Ser acompanhadas, vai ter os brinquedos, vai ter instrutores (…)Louvável, muito louvável, ajudar o próximo. O instituto vem pra ajudar o próximo”, disse.

Evento em 30 de abril de 2016

Na área da saúde,  os idosos, que estão entre os que terão atendimentos prioritários no IMEBB, foram os primeiros a inaugurarem uma sala construída especialmente para atendimentos médicos gratuitos, com entrega de alguns medicamentos. Dr. Wellington, diretor clínico da UPA já garantiu que fará consultas no local.

Dona Benedita da Conceição, de 83 anos, mediu a pressão arterial e saiu entusiasmada com a ideia de, pertinho de casa, um local para cuidar melhor da saúde.

“É porque uma como eu e outras mais não tem condição de um tratamento e a gente achando assim mais fácil, então a gente tem que agradecer a Deus e a pessoa que Deus botou no caminho da gente”, disse em entrevista à TV Mirante.

50 CIRURGIAS

Já no dia de sua fundação e inauguração, 30 de abril de 2016,  parceiros como o renomado oftalmologista de Teresina – PI – Thiago Castro, anunciaram futuros benefícios proporcionados pelo Instituto. Ele, por exemplo,  garantiu 50 cirurgias de catarata para idosos sem condição financeira.

“De início serão 50 cirurgias de cataratas, todas feitas a laser com padrão internacional e com uma diferença em relação aos outros centros porque lá nós iremos receber os pacientes e iremos tomar de conta à entrega aqui no instituto, ou seja, a gente realmente vai abraçar a causa”, garantiu Dr. Thiago

A cultura também ficou com seu espaço reservado. O presidente do Instituto Histórico e Geográfico do Codó, jornalista Ribamar Amorim,   viu  a chegada do IMEBB como mais um reforço na luta pela preservação e divulgação das riquezas culturais codoenses

“Não é só nas religiões afro, Codó tem uma gama de novidades, de criatividades em termos da cultura e que precisam ser divulgados, nós temos ai danças que já estão caducadas, que estão no desuso e que a gente precisa resgatar, eu tenho certeza que também vai trabalhar junto com a gente nisso”, afirmou

FUNCIONAMENTO IMEDIATO

Nesta semana, explicou a presidente que é filha do umbandista, Janaina de Sousa,  o Instituto já funcionará o dia inteiro com muitas atividades.

“Vamos ter escolinha de capoeira que já está, vou anunciar agora há pouco (…) corte de cabelo, vamos ter um grupo de zumba para os idosos e vamos funcionar o consultório que alguns médicos vão fazer um trabalho voluntário, nós temos consultório pra medir pressão, temos remédios amostra grátis e vamos trabalhar todos os dias de 8 às 11h e de 2h às 5h, o Instituto vai funcionar de segunda à sexta-feira”, explicou a presidente

Mestre Bita do Barão disse que recebeu o Instituto que leva o seu nome como uma missão e está pronto para servir.

“To muito alegre, to muito entusiasmado em poder receber esse trabalho doado por Deus e minha filha, eu não vou decepcionar”, afirmou com peculiar  empolgação.

PREFEITO PARTICIPA

O prefeito Zito Rolim participou da inauguração do Instituto Mestre Bita do Barão ocorrida ontem, 30 de abril. NA OPORTUNIDADE esteve entre os convidados para a mesa de honra e proferiu discurso elogioso à iniciativa. Rolim também colocou o município à disposição para colaborar com as atividades do IMEBB.

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta